sexta-feira, 12 de outubro de 2018

You're just mean

Tudo o que faço na minha vida é com amor, com carinho, com dedicação, por isso magoa-me que as pessoas não dêem o devido valor. Tenho uns membros na família que têm sempre algo a apontar. Abro-lhes a porta de minha casa com gosto, só me atiram defeitos de volta. Que o sofá é minúsculo, que os móveis ikea é só chinesice, que as cortinas isto, que as paredes aquilo. No dia do meu aniversário, convidei-os para virem a minha casa cantar os parabéns e comer bolo. Comentário para o bolo, à frente de toda a gente: parece vomitado (só porque tinha um creme por cima). A tarte gelada de mousse de chocolate, bolachas e natas, só sabia a café. Os copos são esquisitos, não pousam bem. Um deles passou o tempo todo de trombas porque não comprei cervejas.
Fico mesmo chateada com estas coisas. São pessoas que adoro e que, no geral, são boas pessoas, mas têm esta mania horrível de pôr defeitos em tudo. Ainda por cima, são pessoas normalíssimas, habituadas até a ter menos do que eu tenho, portanto não percebo estas críticas, como se estivessem habituados a melhor. Basicamente não têm onde cair mortos, mas têm a mania das grandezas e nada do que os outros têm parece estar à altura deles. É mesmo estranho.

Quando vou a casa de alguém, sou incapaz de dizer o que quer que seja de negativo sobre aquilo que os anfitriões preparam para mim. Acho tremendamente desadequado reclamar de algo que as pessoas fizeram para nós com carinho. Ainda mais desadequado acho estar a apontar defeitos à casa das pessoas. Uma casa tem a personalidade de quem lá vive, reflete os gostos daquelas pessoas, não tem que agradar a mais ninguém. Ir a casa de alguém e dizer mal abertamente de pequenas coisas que a pessoa adora, é só maldade. Ou falta de educação. Já estava habituada a estes comentários porque fazem o mesmo na casa dos meus pais, mas fiquei mesmo chateada com isto.

Fiz uma mini festa de aniversário com a minha família próxima, as pessoas de quem gosto, e recebi em troco estas chatices. Estava mortinha que se fossem embora porque só souberam apontar defeitos às minhas coisas. O pior é que fiz tudo com tanto carinho, numa fase da minha vida em que aquele dinheiro até faz falta para outras coisas, mas quis proporcionar um fim de dia bom para toda a gente, com aquilo que podia, como podia. Como resposta tenho isto. Acho que se acabaram as festas de aniversário cá em casa. 

12 comentários:

  1. O ser humano é assim, e todas as famílias têm alguém assim também. A minha, por exemplo, não é excepção, infelizmente.

    Aprende a ignorar, por mais difícil que seja. Se tu gostas e te sentes bem, é o que interessa.

    Beijinho,
    Cláu.
    https://oblogclau.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. "habituadas até a ter menos do que eu tenho"....
    Aí é que está a questão: a inveja corrói por dentro. Tenho um exemplo desses também com familia bem próxima. Desdenham de tudo o que tenho mas sinto que é pura inveja por não terem também. A solução: reduzi o convivio com eles ao mínimo indispensável. Às vezes é assim, temos que nos afastar desse tipo de pessoas apesar de nos serem próximas, porque nos fazem mal, porque são tóxicas.
    Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  3. Que horror... Melhor é ignorares e se não estão bem na tua casa não convides. Na tua casa quem tem de se sentir bem e feliz és tu :)

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Há pessoas que são mesmo assim, tóxicas e nocivas. Não são necessariamente más pessoas. Só não sabem ser de outra forma. Também as tenho na família.

    Para mim, a solução é restringir o contacto ao mínimo indispensável. Devemos afastar-nos de tudo o que nos faz mal. Mesmo!

    Beijinhos e não dês importância!
    Margarida

    https://minhacasadopatio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. opa. eu sei que é dificil, mas ignora. so sabem dizer mal. muito possivelmente isso é inveja por verem que estas bem na vida e que tens a tua casa e te estas a manter bem...
    nao ligues ;)

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderExcluir
  6. É chato quando são pessoas de quem gostamos, mas, das duas uma. Ou te afastas e evitas essas situações ou respondes na hora e se não gostarem temos pena. Eu sou incapaz de ficar calada nesses momentos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu respondo, obviamente. Nem tenho feitio para comer e calar. Mas custa-me na mesma, acho uma atitude feia.

      Excluir
  7. Sinceramente para mim é mesmo falta de educação. As pessoas foram convidadas, servidas, comeram e beberam, com certeza foram bem recebidas e aquilo que fazem é criticar tudo o que podem?
    Eu não terminava com as festas em casa, mas sim com visitas dessas ditas pessoas.
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderExcluir

  8. Tenho P & R ali no Reino, vem fazer uma perguntinha ;)

    Beijinhos,
    O meu reino da noite
    facebook | instagram | bloglovin

    ResponderExcluir
  9. Também tenho pessoas assim ba família e só te digo que para além de mal amadas no fundo só têm dor de corno por termos o que eles não conseguem .

    ResponderExcluir
  10. É realmente triste quando isso acontece. Eu, por exemplo, quando como na casa de alguém acontece as vezes não gostar muito e fazer de conta que gosto (isso acontece essencialmente na casa de familiares do namorado). Se consigo comer (ou seja não é algo que me faça vomitar ahaha), apesar de não gostar muito, faço o sacrifício porque vejo que foi preparado c carinho. É só triste ir para casa de alguém colocar defeitos :/
    Mas o teu post, num contexto diferente, vai muito ao encontro do que escrevi hoje :(

    ResponderExcluir