sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Lucky me

Posso ter muitos defeitos, que tenho, mas sou boa pessoa e só não ajudo se não puder mesmo. Os meus amigos podem ligar-me a qualquer hora, que eu atendo. Faço de tudo para ver felizes aqueles de quem gosto. Tento sempre ser uma pessoa melhor para mim e para as pessoas que amo. Não faço nada com segundas intenções, a pensar que um dia espero que me façam o mesmo. Ainda assim, gosto muito de sentir que todo o meu amor e carinho é recompensado. Gostamos todos, não é? Gosto muito de perceber que tenho pessoas que me amam na mesma medida que as amo a elas e que, tal como eu, largam tudo o que estiverem a fazer se eu pedir ajuda. Poucas coisas são tão boas quanto esta sensação de pertença e de entreajuda, de verdadeiro amor e carinho. 

Recentemente tive duas dessas demonstrações de amizade e do verdadeiro sentido de família que até me senti surpreendida por ser alvo de um carinho tão grande. Não esperava, a sério que não. Olhando para trás e pensando racionalmente, faz sentido que estas duas pessoas em particular fizessem o que fizeram, afinal de contas eu estive sempre presente em tudo o que elas precisaram, temos uma relação muito próxima, somos família e, acima de tudo, encaixamos muito enquanto pessoas. Mas juro que não esperava aquelas atitudes, daí que a sensação de espanto e agradecimento tenham sido tão avassaladoras. Eu sei que é meio lame, mas sinto-me inundada de amor. É nestas alturas que penso que, apesar de tudo, devo ter feito alguma coisa de muito certo na minha vida, para ter a sorte de ter pessoas assim tão boas para mim.

8 comentários:

  1. É tão bom quando todo o nosso amor, carinho e dedicação é retribuído! Ainda bem que esse gesto dos teu amigos te deixou feliz :)

    ResponderExcluir
  2. Uma vez em que comentei também o quão sortuda sou pelas pessoas que me rodeiam, responderam-me qualquer coisa como "Sabes que as pessoas também têm aquilo que merecem", e gostei tanto de ouvir isso =). E também quero acreditar que sim. Não acho que funcione com toda a gente (há pessoas com pouca sorte, que as há), mas em muitos casos há-de ser assim.

    ResponderExcluir
  3. Estás rodeada de pessoas que te querem bem e são verdadeiras.
    Com certeza que mereces esse amor todo :)

    ResponderExcluir
  4. É tão bom quando sentimos o nosso valor ser reconhecido, principalmente por pessoas que já estão no nosso coração! Beijinhos*

    ResponderExcluir
  5. Eu identifico-me com a primeira parte do texto :). Com a segunda, mais ou menos. Tenho-me cruzado com pessoas egoístas e isso magoa imenso e quebra a nossa onda de bem-estar. Mas o curioso é que por cada pessoa egoísta que se revela pouco compreensiva, que não sabe dar amor, encontro outra capaz de fazer esquecer tudo o resto. Ou seja não me identifico no sentido de receber amor por parte de todas as pessoas a quem ajudei, mas consigo ser surpreendida por pessoas de quem não esperava. Tudo isto me faz ser muito seletiva e ir-me distanciando de algumas. E já recusei ajudar, quem não me ajudou. Numa amizade, acho que o amor e ajuda devem ser recíprocas. Quando dás muito e depois quando precisas nem uma gota recebes, o melhor é afastar (não gosto de confusão).
    A ti também te agradeço, quando eu precisei, também tentaste ajudar da maneira que conseguiste :). E isso vindo de uma pessoa que não me conhece vale muito. E são estes pequenos gestos surpresa que compensam a lado menos bom de outras pessoas.
    Beijinhos e boa semana

    ResponderExcluir
  6. Ohhh :') que sentimento incrível.

    ResponderExcluir