segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

A novidade que já queria ter partilhado há quase um ano...

Já tinha feito rascunhos deste post há quase um ano, quando tomamos a decisão, mas foi sempre faltando o timing certo para partilhar. Não é que não tivesse vontade, porque foi difícil guardar "segredo" durante quase um ano, mas acreditamos em partilhar apenas quando as coisas estão definidas e certas. Não queríamos estar a contar a toda a gente e depois não dar certo e foi o melhor que fizemos, porque demorou quase um ano a sair dos projetos para as certezas absolutas e não queríamos ter aquela pressão externa para fazer acontecer. Agora que está tudo mais do que encaminhado e estamos apenas à espera de peqeunos pormenores para ter tudo pronto, partilho com vocês mais uma fase importante da minha vida: vou viver com o meu namorado. Finalmente!

Demorou mas chegou o dia, aleluia! Obviamente sempre quisemos viver juntos mas decidimos começar realmente a poupar mais a sério e a ir comprando as coisas necessárias quando fizemos 10 anos de namoro, em Abril do ano passado. Tínhamos ambos começado a trabalhar "a sério", já estamos juntos há imenso tempo e a idade é mais do que propícia para isso, portanto decidimos avançar.
Foi um ano muito feliz. Apesar de todas as frustrações, de pensar que ainda faltava muito, dos percalços pelo caminho e da dificuldade que é gerir a minha falta de paciência e a pressa de ter tudo pronto e rápido, foi mesmo um ano bom de planeamento. Mesmo que esteja em desuso, adorei fazer enxoval, ir comprando coisas à medida que ia vendo algo que gostava, ir imaginando uma futura casa... Como alguém que sempre teve como um dos objetivos principais sair de casa e ter as suas próprias coisas, foi mesmo um ano muito bom para mim. Aliás, não só para mim mas para a relação em si. Foi um ano de planeamento, de sonhar juntos, de crescer enquanto casal. Senti que a nossa relação ficou "mais a sério" quando decidimos viver juntos, definimos um prazo na nossa cabeça e começamos a dar todos os passos nesse sentido. Não é que não sentisse já que era a sério, afinal de contas namoramos 10 anos até tomar essa decisão, mas parece que torna as coisas mais reais e adultas. A decisão de partilhar um teto é o assumir, também perante os outros, que estamos comprometidos com a relação e queremos passar a vida juntos e isso é importante para mim. Foram muitos os anos só a imaginar como será, quando será, e agora, finalmente, surge a oportunidade e começamos realmente a pôr os planos em prática e a tornar o sonho em realidade.

Já temos casa e já andamos a fazer parte da mudança, falta apenas mobilar a sala. O "recheio" está lá, depois faltam aqueles pormenores de decoração que tornam uma casa num lar à nossa medida. Não sei ao certo em que dia vamos para lá definitivamente, mas talvez seja no início do próximo mês. Mal posso esperar!

24 comentários:

  1. Este texto fez-me lembrar quando fui morar com o meu namorado. Estávamos tão ansiosos por ir para a nossa casa que começámos a dormir lá ainda antes de ter tudo pronto. É um sentimento ótimo ter a nossa casinha. Espero que corra tudo super bem. Muitas felicidades ❤

    ResponderExcluir
  2. Fico tão feliz por ti! Por vocês :) Espero que corra tudo muito bem (vai correr!) e que sejam ainda mais felizes com o vosso espacinho.

    Beijinhos *

    ResponderExcluir
  3. que corra tudo muito bem!!! bjs doces Mel

    ResponderExcluir
  4. Que novidade tão boa. Fico super feliz! Que sejam sempre felizes.

    ResponderExcluir
  5. Querida M, percebe-se a léguas que foi uma coisa muito desejada e planeada ao pormenor. Fico mesmo feliz por ti, do fundo do coração.
    Para mim, partilhar casa com a pessoa que amo é das melhores coisas da vida. É muito, muito bom.
    Que sejam mega felizes na casa nova!

    ResponderExcluir
  6. Paaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaarabéns!

    ResponderExcluir
  7. Um passo importante a dar e com muita vontade dos dois, tudo se resolveu :) Ainda bem, não há nada melhor do que partilhar toda a vida com a pessoa que se ama ao lado! Parabéns*

    ResponderExcluir
  8. Olá M., fico muito contente por ti porque sigo-te há muiiiitos anos e sei o que significa para ti. É, de facto, uma fase maravilhosa para o casal. Que sejam muito felizes nesta nova fase das vossas vidas. Muitos beijinhos, Hermione

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por onde andas que te perdi o rasto? Já não escreves? Adoraria saber de ti :) Espero que esteja tudo bem por aí. Obrigada pelo comentário tão simpático!

      Excluir
  9. Fico tão feliz por ti 😁
    Desfruta desta nova fase maravilhosa 😘

    ResponderExcluir
  10. Ficamos muito felizes por irem dar esse passo! Esperamos que sejam espectacularmente felizes! E, já agora, que vás partilhando as vossas aventuras!

    ResponderExcluir
  11. Muitas felicidades :) os primeiros tempos são de "ajuste" vocês aprendem a conviver só os dois mas é tao bom!



    Beijinhos,
    <>O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin

    ResponderExcluir
  12. Muitos parabéns por darem esse passo! E as maiores felicidades para essa nova etapa :)

    ResponderExcluir
  13. Que bom, é um passo importante. Espero que corra tudo bem :)

    ResponderExcluir
  14. É tão bom! A minha casa está muito longe de ser a casa dos meus sonhos, mas adoro-a porque é a nossa casa :)
    Fico muito feliz por ti! Espero que corra tudo como desejam! Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  15. Muitos parabéns, M. Deve ser um passo muito feliz, e é a isso que te deves agarrar. Fico sempre feliz por estas conquistas pessoais e profissionais das pessoas que de alguma forma vamos acompanhando :).
    Aproveitando para comentar o teu post de hoje, há gente que nem deveria abrir a boca. Gostaria de perceber o que sentem em destilar veneno. Juro que não percebo. Quando decidi arriscar no doutoramento, ouvi (e ainda ouço) tanta coisa desagradável. Sinceramente, no início custa. Principalmente quando surgem da parte de pessoas que pensas que te deviam apoiar, depois, começas a construir a capa da imunidade e pensas "Estou nem aí". Eu cortei com algumas pessoas que destilam veneno contra mim. Doeu, custou horrores. Hoje são-me pessoas indiferentes (e estou a falar de familiares e amigos). Por isso, constrói a tua capa de imunidade e centra-te na parte feliz das coisas e na construção do teu caminho. Se vai ser fácil ou difícil, isso é especulação... Não adivinhamos o futuro. Mas é como escreveste, 10 ano de relação já dá bases sólidas para perceber que se for fácil será feliz, se for difícil irão ter as ferramentas necessárias para tornar tudo mais fácil ;). Força aí e boa mudança. Beijinho

    ResponderExcluir
  16. Muitas felicidades! Entrar na casa nova com o pé direito! ;)
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  17. Que bom!! Muitos parabéns M., é um passo muito importante mas muito bom mesmo! Grande beijinho! :)

    ResponderExcluir
  18. Parabéns! E quanto ao post de hoje, vá se lá entender essas pessoazinhas que fazem esse género de comentários desnecessários!

    ResponderExcluir
  19. MUITOS PARABÉNS!!! Quem ia acompanhando os posts já estava à espera deste. :P
    Fico mesmo feliz por isto estar a acontecer porque és genuína e foste contando alguns pormenores, quase como se de amigas fossemos.
    TUDO DE BOM!!!

    https://confessionsinpink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. É uma fase tão mas tão especial construirmos o nosso "ninho" com o homem da nossa vida, o nosso amor, que poder desfrutá-la é maravilhoso! Fico tão mas tão feliz por esta notícia tão boa (desculpa, estive ausente e só agora dei conta!)!!! Que bom!
    Parabéns pela força e perseverança e pela paciência que eu imagino que tenha sido o maior esforço para ti (já percebi que nisso somos iguais!) que desejavas isso mais do que tudo e queria-lo para ontem.
    Beijinhos e que seja MARAVILHOSO :) <3

    ResponderExcluir
  21. Ai, minha querida M :') Dei pulinhos interiores de contente quando soube... E agora idem. É tão bom ler isto, saber que estás onde queres estar, com quem queres estar. Muitos parabéns e as maiores felicidades para os dois!! Vocês merecem.

    ResponderExcluir