quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Coisas que eu detesto fazer

Odeio servir de intermediária. Detesto ser pombo de correio e é um trabalho exaustivo estar ali a servir de mediador. Normalmente acontece quando marco alguma coisa com amigos. Fulano não pode, então tenho que perguntar a cicrano se pode antes no outro dia. No restaurante x não pode ser, lá vou eu ver  onde toda a gente prefere jantar, afinal. Que nervos que isto me mete! Deixa-me exausta ter que gerir tantas conversas, tantos gostos, tantas agendas diferentes. É por isso que até tenho desistido de ser eu a marcar coisas, mesmo que isso implique deixar de estar com as pessoas. Sou sempre eu a dar o corpo às balas, a procurar, a insistir. Depois fico eu encarregue de tudo e da gestão de todas as pessoas. É cansativo e sinto que ninguém dá valor a isso.

No trabalho, por exemplo, acontece de ter que estar em contacto com pessoas mas não sou eu que tomo decisões ou tenho as grandes responsabilidades. Então lá ando eu a fazer de pombo correio, fulano pediu isto, deixa ligar à pessoa responsável. A pessoa responsável dá a resposta e lá tenho que ligar de novo para a outra pessoa a dar resposta. Surgem novas questões, lá ando eu a ligar a toda a gente a resolver. É o meu trabalho, claro, tenho que o fazer. Mas chega a uma altura em que é frustrante porque sou eu que dou a cara mas não sou eu que decido nada, tenho que esperar pelos outros. E se os outros fazem asneira, sou eu que ouço as reclamações, sou eu que fico mal perante terceiros. É um processo que evito e que, sinceramente, me cansa e me faz sentir impotente. É mesmo um processo cansativo este de gerir tantas coisas ao mesmo tempo, estar ali no centro de tudo. Se puder, evito sempre!

5 comentários:

  1. Não é fácil... Grupos no whatsapp resolvem o primeiro parágrafo, mas não - de todo - o segundo.

    ResponderExcluir
  2. Também não me agrada nada, mas em várias circunstâncias do meu trabalho tenho essa posição, uma vez que não sou eu que tomo as decisões. É aborrecido, cansativo, e às vezes conseguem-me pôr de cabelos em pé porque basicamente não tenho nada que ver com o assunto e ouço reclamações, desaforos,enfim...
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. No meu trabalho acontece muito isso. É o que se chama coordenação de projetos. Passo a vida a coordenar as coisas entre cliente e projetistas... dá dores de cabeça!

    ResponderExcluir