domingo, 28 de fevereiro de 2016

Não me pagam para isto #18

Pelo menos uma vez por mês, quando chego ao estabelecimento para ir trabalhar, tenho as coisas todas mudadas de sítio. As colheres, as chávenas, os pratos, nunca nada está num lugar em específico por muito tempo. Aquela alminha gosta de andar sempre a mudar as coisas de sítio, porque "a quem muda, Deus ajuda!". E eu que me habitue constantemente às coisas... Sabem quando já estamos tão mecanizados para ir buscar as coisas a um dado lugar e depois elas não estão lá, o tempo que demora a habituarmo-nos à nova arrumação? Pois, é isto a minha vida. Mais atender os clientes à pressa, sozinha, com esta confusão. Aquela mulher é doida.

3 comentários:

  1. epaa... e parece que te esgota mais mentalmente que outra coisa

    ResponderExcluir
  2. E é parva! Atendimento ao publico necessita de rotina, de sitios certos para tudo fluir bem!

    ResponderExcluir
  3. Que chatice que deve ser :| mudar uma ou duas vezes uma pessoa ainda desculpa e entende q.b. agora quando é uma coisa constante deve ser bastante chato para ti que não sabes onde as coisas estão e que deve tornar o atendimento ligeiramente mais lento.

    ResponderExcluir