domingo, 31 de janeiro de 2016

Não me pagam para isto #14

Pessoas que reclamam que não foi aquilo que pediram, mas não querem que leve para trás.
A sério, cada vez menos eu percebo as pessoas. Se me pediram um pão com fiambre e eu, distraidamente, levo um pão com manteiga, para que é que me chamam se não querem que eu vá trocar e trazer o que me pediram inicialmente?

Cliente - "Olha, desculpa, podes chegar aqui?"
Eu - "Sim, claro."
Cliente - "Olha, eu pedi-te um pão com fiambre e trouxeste-me um pão com manteiga!"
Eu - "Peço desculpa, devo ter entendido mal. Eu trago já o que o senhor me pediu. Peço imensa desculpa"
Cliente - "Não é preciso, deixa estar. Eu como assim"
Eu - "Mas não é incómodo nenhum, eu trago já num instante o que me pediu. Não custa nada. Peço desculpa. Eu já trago"
Cliente - "Não, não. Deixa estar, eu como assim"
Eu - "Mas não me custa levar para trás, o erro foi meu, já lhe trago o que pediu"
Cliente - "Não, a sério, eu como isto. Não tem problema. Vai lá atender os outros clientes"

E eu fico tipo: qual é o problema destas pessoas? Já me aconteceu duas vezes enganar-me assim. A pessoa pede uma coisa, eu levo outra. A culpa é minha, obviamente. São coisas que acontecem, mas de facto é chato para o cliente estar a comer algo que não pediu e eu peço desculpa e prontifico-me logo a levar o que realmente me pediram. Mas não, não querem! Não percebo. Entendo que se calhar não querem que eu leve para trás porque pensam que vou estar a deitar comida fora, que é chato estar a pedir outra coisa, mas realmente não é. É a minha obrigação! O cliente não vai comer e pagar algo que não pediu, quando a culpa foi minha. Eu fico sempre constrangida e desfaço-me em desculpas porque também não gostava que me fizessem isso. Mas depois não percebo porque é que me chamam se não querem outra coisa. 
Se me acontecesse a mim e eu não quisesse que me trouxessem o que eu tinha pedido, nem sequer ia chamar a pessoa para dizer "olha lá, não foi isto que eu pedi!". Já que pretendia comer na mesma o que me trouxeram, nem sequer valia a pena estar a dizer que não era isso que queria. A pessoa que atende só fica constrangida e para nada, se realmente o cliente não se importa de comer antes o que lhe levaram por engano. Não era mais fácil não dizer nada? Qual é o objetivo disto? A pessoa saber que se enganou e sentir-se mal com isso? Têm medo de ser cobrados pelo que pediram e não pelo que comeram? É que se é isso, quando fossem pagar faziam o reparo ou especificavam o que comeram.  

Já aconteceu isto a alguém, como cliente? Gostava mesmo de perceber porque é que isto acontece.

7 comentários:

  1. Como cliente não, mas como trabalhadora de um café sim !
    Quando isso me acontece fico sempre com cara de "wtf mais valia estar calado" mas pronto é ouvir e esquecer ;)

    ResponderExcluir
  2. Trabalhar com o público é um exercício permanente de paciência. Creio que o seu lugar no céu será garantido!!!

    ❥❥Blog: www.amigadelicada.com

    ResponderExcluir
  3. ahahah Absolutamente desnecessário.

    ResponderExcluir
  4. Trabalhava numa pizzaria e um dia troquei o pedido de duas mesas. Uma das mesas chamou-me e disse que estava trocado. Eu pedi desculpa mas sabia que a outra mesa já comia feliz e contente a pizza, mesmo sem ser a que pediram. Expliquei aos senhores o que tinha acontecido e que agora só esperando pela nova pizza... pediram o livro de reclamações. É como em tudo, há pessoas tolerantes e outras que não o são. A culpa foi minha, comi e calei.

    ResponderExcluir
  5. Olá! É a 1a vez q visito o teu blog e tou a gostar, vou voltar =p

    Quanto à situação q falas no post, parece-me simples perceber o porquê... Colocando-me no lugar do cliente, se não me importasse de comer o pedido q veio por engano (se fosse uma pizza, p.ex, já não seria assim xD mas pronto), eu iria chamar a atenção do funcionário, não para o fazer sentir-se mal mas para o avisar do seu erro =) para poder prestar mais atenção da próxima vez.
    Faz até sentido. Não é porque a pessoa não quer uma "solução" para o q aconteceu, q não possa fazer um reparo, é até bastante considerativo se não quer dar ainda mais trabalho ao funcionário =)

    Beijinho*

    ResponderExcluir