quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Dualidades

Quando adoras duas coisas completamente opostas e apetece-te cortar o cabelo como na imagem da direita, mas queres que cresça novamente para ficar como na imagem da esquerda. Toda uma confusão nesta cabeça. Não é fácil ser gaja.






11 comentários:

  1. Nao é nada facil ser gaja nao. Eu gosto mais do cabelo curto porque o grande da mais trabalho eheh. Beijinho

    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. O comprido é o mais bonito, sem dúvida

    ps novo blog http://alittledreamsofme.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Admito que também gosto muito do cabelo da primeira foto, quem me dera que o meu fosse assim em vez de ser tão liso...Também gosto do segundo mas, talvez mais para o Verão :)

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva, Beijos*

    ResponderExcluir
  4. Nunca são fáceis as idas ao cabeleireiro!

    ResponderExcluir
  5. Não é fácil não. Mas se eu cortasse muito o meu cabelo, eu não ia ficar linda e maravilhosa com a mulher da direita, ia parecer mais uma bruxa, que o meu cabelo erguia-se todo xD.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderExcluir
  6. Como te compreendo! O meio termo é tão chato... Eu agora vou ver se deixo crescer, vamos ver :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o meu problema é precisamente este meio termo em que me encontro! está mais comprido que o teu, mas ainda assim não tão comprido como eu tinha antes.

      Excluir
    2. Eu também já tive bem mais comprido (nunca tanto como nessa foto), mas acabo sempre por cortar abaixo dos ombros! É bom ir mudando, ao menos o meu cabelo até cresce rápido :)

      Excluir
  7. Como eu te compreendo! Estou nessa mesma indecisão. Queria cortá-lo mas passaram-se as férias e nem me aproximei do cabeleireiro e agora não sei se o corte pois no casamento hei-de o querer comprido -.- Até lá vão ser só pontas, acho eu!

    ResponderExcluir
  8. É mesmo... ;)Por acaso gosto imenso desse mais curto!

    ResponderExcluir
  9. Pois é, não é nada fácil ser-se gaja. Compreendo o teu dilema, mas para mim o comprido é mais giro!

    ResponderExcluir