quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Christmas Wishlist

Acho que, pela primeira vez na vida, não tenho nenhuma wishlist de Natal. Tudo o que eu preciso já comprei, tudo o que gostava de ter já me foi oferecido. Claro que arranjaria sempre coisas que gostaria de ter, basta dar uma olhadela pelas lojas e arranjo já uma lista. Mas são desejos fúteis e desnecessários. Não há neste momento nada que eu quisesse mesmo mesmo mesmo. Ou que precise mesmo muito muito muito. Tudo o que eu ainda quero comprar vou tratar de o fazer depois do Natal. Queria só um vestidinho bonito para usar no dia de Natal, mas isso não conta como prenda. 

Este ano estou a dificultar a vida a quem me quer oferecer prendinhas, mas de facto tudo o que eu quero realmente não é passível de ser comprado.  Ninguém me pode meter um estágio na área no sapatinho, debaixo da árvore. Ninguém me vai pagar a inscrição na Ordem. São estas as coisas prementes, aquilo que eu quero e preciso de tratar.  Só quero que as coisas corram bem, que os meus continuem todos juntos e de saúde, que a vida continue a ser, pelo menos, como até agora. Quero continuar a ter força para me levantar todos os dias e ir para aquele emprego que não gosto, paciência e muita resiliência para aguentar esta espera e as recusas constantes. E quero, acima de tudo, continuar feliz, ter sempre aquele abraço, aquele sorriso e aquele miminho só para mim; que continuemos juntos, felizes e apaixonados como até agora. 

É bem verdade que os nossos desejos de Natal mudam com a idade e começam a ser coisas que não se podem comprar. 

3 comentários:

  1. É bem verdade, também não tenho nenhuma wishlist de natal :)

    ResponderExcluir
  2. Olha, já somos duas então... Também não tenho lista de Natal este ano.

    ResponderExcluir
  3. Os desejos realmente mudam...
    Também não tenho nada a pedir. Preciso de comprar um par de botas, mas acho que isso resolve-se esta semana,

    ResponderExcluir