quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Só para verem o estado das coisas...

Esta noite sonhei que era o dia da minha imposição, ia cartolar. Estava quase a chegar a minha vez quando me lembrei que não tinha comprado a cartola. Completamente em pânico, fiz o meu pai pegar no carro para ir à loja, mas ele não queria perder o seu lugar de estacionamento e ainda por cima enganou-se no caminho. Nos entretantos fui ligando para a loja a dizer que precisava urgentemente de uma cartola, e quando a senhora começou a dizer que era muito em cima da hora, fiz a maior escandaleira "porque sou cliente habitual da loja, estou sempre aí metida, levei aí 3 pessoas a comprar o traje!!! Comprei aí o meu traje!! Isto é inadmissível!" (como se fosse hábito meu falar assim com as pessoas). Quando lá cheguei não havia uma cartola em condições. Acordei nesse momento, ligeiramente sobressaltada. 


Depois de voltar a adormecer, sonhei com uma pessoa com/para quem trabalho lá no estágio. O desgraçado raptou-me e trancou-me em casa dele, numa de "podes fazer o que quiseres aqui dentro, trato-te bem, mas nem penses em sair por aquela porta". 

Se calhar ando demasiado envolvida nesta coisa de ser finalista e ter estágio e tal. Se calhar. 

Um comentário: