quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

a minha mãe...

A minha mãe é uma pessoa super despachada, sem vergonhas. É aquilo que por aqui costumamos chamar de desbocada. Ela fala de tudo e mostra tudo sem problema nenhum, faz tudo de portas bem abertas. Talvez seja por isso que a minha mãe não conhece a palavra privacidade. 

A minha mãe entra no meu quarto quando bem lhe apetece, sem bater. Faz só muito barulho com os pés pra eu saber que ela vem a caminho mas outras vezes entra de rompante, sem motivo nenhum, assim como quem me quer causar um ataque cardíaco. Exceção feita se eu estiver com o meu namorado, aí ela já sabe o conceito de bater antes de entrar, vá lá, menos mau. 

A minha mãe tem uma predileção pelos momentos em que eu estou nua, semi-vestida, a tomar banho ou a cag*r pra me falar de assuntos de máxima urgência (pra ela) ou pra simplesmente vir admirar a beleza da sua primogénita. Ou de como já sou crescida e sei fazer coisas sozinha. É certo e sabido que, no momento em que eu pouso o rabo na sanita, lá vem ela falar comigo. E não, não basta dizer-lhe educadamente que nesse momento não lhe posso dar atenção. É mesmo preciso berrar com ela ou trancar as portas. 

A minha mãe adora entrar no meu quarto pra ir à janela quando eu estou a estudar, mesmo que lhe diga vinte mil vezes que quero paz e sossego e que me desconcentro com ela sempre por perto. Ou a chamar-me. Ou a admirar-me pela porta, que invariavelmente fica aberta depois dela sair. E ali fica, sem dizer nada, só a ver-me. 

Ora, isto não seria assim um problema tão grande fosse eu uma pessoa igual a ela. Mas não, eu gosto de estar sozinha a fazer as minhas coisas, odeio que fiquem a olhar pra mim fixamente quando estou a fazer algo. E, mesmo que a minha mãe não compreenda, gosto de tomar banho/vestir-me/fazer as minhas necessidades fisiológicas sem a presença de terceiros, just me, myself and I. 

Fora isso (e outras coisas que davam pra alimentar este blog durante um ou dois meses, com posts diários), a minha mãe é um amor de pessoa.

7 comentários:

  1. Ahah a minha mãe é um pouco como a tua, acho que não tão excessivamente, mas parecida...

    ResponderExcluir
  2. Ahah as mães... :) a minha não faz disso regra mas de vez em quando também gosta de ter conversas super urgentes no WC.

    ResponderExcluir
  3. м♥, juro que começo a achar que somos irmãs separadas! Acabaste de descrever a minha mãe... Oh God!

    ResponderExcluir
  4. Ahahah, a minha mãe também tem um bocadinho essa mania, nunca bate à porta. Entra e pronto. E há situações em que, tal como dizes, irrita um bocadinho! Porque eu gosto muito da minha privacidade ;)

    ResponderExcluir
  5. Mães serão sempre Mães! Acho que acabaste de descrever a grande parte das Mães que há no Mundo! A minha é igual! Mas agora como já não estou na casa dela, acabou-se o 'problema'! Ás vezes até é estranho o sossego que há lá em casa!
    Beijinhos! **

    ResponderExcluir