sexta-feira, 27 de abril de 2012


Sou uma mulher de hábitos e facilmente me habituo às coisas e me afeiçoo às pessoas. Por isso pra mim é ainda mais difícil deixá-lo ir embora depois de termos passado os últimos dias juntos, tal como me é também complicado saber que não vou ver os meus amigos (que vejo todos os dias) durante uns dias, por exemplo. 

A mudança faz parte da vida, sem mudança não teria piada nenhuma, mas confesso que às vezes custa-me um bocadinho habituar-me às coisas que vão mudando. As pessoas que vou deixar de ver, as novas tarefas, os novos caminhos e novas decisões, as coisas que não vou mais poder fazer, as coisas que nunca mais vão ser iguais. Sei lá. Custa-me um bocadinho. No final acabo por me adaptar e até nem é um processo muito moroso, mas de qualquer forma preferia que algumas coisas nunca mudassem.

7 comentários:

  1. Há mudanças que simplesmente não deviam ter de acontecer..

    ResponderExcluir
  2. :) I know that feeling. Abracinho, minha querida!

    ResponderExcluir
  3. que misto de sentimentos que praí vai. as coisas mudam, inevitavelmente, e nós temos de saber mudar com elas, guardando a certeza de que, felizmente, algumas permanecem inalteradas, especialmente no nosso coração.

    ResponderExcluir
  4. Neste momento não me podia identificar mais com isto...

    ResponderExcluir
  5. Eu apego-me mais do que aquilo que deixo transparecer.. Mas menos do que aquilo que já me apeguei.

    ResponderExcluir
  6. Adorei esta publicação, pois expressa a minha opinião quanto a este assunto e por isso ganhaste uma seguidora!

    ResponderExcluir