segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

As mulheres queixam-se que os homens não fazem nada em casa mas a culpa é precisamente das mulheres. Um homem e uma mulher são desde cedo educados de maneiras diferentes no que diz respeito à independência e às tarefas domésticas. Tomemos por exemplo o meu rico irmão. A criatura tem quase 14 anos e a única coisa em que ele ajuda cá em casa é a sujar. O quarto dele está sempre uma bagunça e tem que ser limpo pela minha mãe ou por mim (not anymore!), nem a cama se digna a fazer. E acreditem que aquela alminha deixa a cama num estado que até mete medo. Tira o pijama e deixa-o na sala, todo amachucado. Vai tomar banho e nunca leva uma toalha, prefere berrar até que alguém lha leve lá. A roupa que tira fica no chão até que alguém a vá pôr no cesto da roupa suja. Pôr a mesa e limpar a louça é coisa que faz quando o rei faz anos. E cúmulo dos cúmulos, a minha santa mãezinha é que põe a roupinha ao bebé senão ele não sabe o que vestir. Sim, ele tem quase 14 anos. 

Ora, eu com 7 anos tomava banho sozinha e já dava palpites sobre o que queria vestir. Não só arrumo o meu quarto, como também toda a casa, desde os 12 e a minha mãe berrava comigo sempre que via um cabelo meu no chão. Deus me livre de deixar uma toalha molhada na casa de banho! Lógico que estou encarregue de fazer  as camas, lavar a louça, limpar a louça, estender, apanhar e dobrar a roupa, arrumar o que estiver fora do sítio,  fazer o almoço, etc, sempre que esteja em casa.

Se eu deixar o quarto do meu irmão pra ele arrumar, a minha mãe cria logo uma tempestade, porque coitadinho do menino e mimimi, tem alguma lógica arrumar tudo menos o quarto dele, mas quando é ela a arrumar NUNCA limpa o meu quarto. E isto é sempre feito debaixo do olhar de aprovação do meu pai, que ainda reprova qualquer tentativa de pôr o meu irmão a fazer alguma coisa, porque ele não é menina pra fazer essas coisas, tas tu aqui

Depois disto, digam-me, como é que alguém se pode queixar que o marido não ajuda em nada se cria o filho segundo os mesmos valores? 

8 comentários:

  1. pois, desculpa lá mas a culpa é toda da tua mãe!
    coitada da namorada/mulher dele!

    ResponderExcluir
  2. Por causa disso mesmo sempre "briguei" quando me punham a mim a fazer mais coisas que ao meu irmão. Por causa disso, quando íamos para casa dos meu avós, sempre instituimos, eu e a minha prima, que o meu irmão e o meu primo também tinham de trabalhar.
    Por acaso, para nós, as coisas são feitas como deve ser. xD

    E felizmente, tenho um namorado que também ajuda e faz o que deve fazer em casa ...

    mas sabes que isso vê-se muito. Mas, desculpa lá a sinceridade, o problema é dos teus pais. O teu pai que aprova que o teu irmão não faça nada, a tua mãe, que vai pelo mesmo caminho e faz tudo ao teu irmão ...

    ResponderExcluir
  3. Ya, parte muito da educacao, e depois mais tarde de um factor muito simples: se vivem sozinhos antes de irem viver com outra pessoa ou nao.
    La em casa fomos educados com igualdade, todos tem de ajudar e o meu pai sempre deu o exemplo. Na casa da minha cara metade, ele viveu sem irma que arrumasse por ele. Mais tarde viveu sozinho, portanto cozinhava, limpava o po e punha a roupa a lavar.
    Nao tenho razao de queixa nenhuma nesse sentido, so do facto de por vezes sermos ambos preguicosos :P

    ResponderExcluir
  4. Aqui também é assim. Mas os meus pais não têm tanta sorte comigo quanto os teus contigo. Eu limpo o meu quarto e pouco mais. Se o meu irmão não ajuda também não ajudo.

    ResponderExcluir
  5. por isso há tantos divórcios actualmente, os homens vêm mal habituados...e dp ninguém se entende!

    ResponderExcluir
  6. fogooo :O a culpa é MESMO da educação!! ihhh, se eu tivesse um irmão e fosse assim, passava-me tanto.. :x

    ResponderExcluir
  7. Nesse aspecto tenho imensa sorte. O João é quem costuma cozinhar! E que bem que cozinha!

    Partilhamos receitas no blogue, mas não só. Também temos dicas, sugestões de restaurantes e textos sobre cidades.

    Serás bem-vinda :)
    wwww.lesbonsvivantsblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olha, acabei de falar sobre a divisão de tarefas lá de casa... se eles não têm esse hábito, temos de lhos incutir.

    ResponderExcluir