domingo, 22 de janeiro de 2012

Haja mudança!

Recebi o meu primeiro comentário anónimo com uma opinião negativa acerca do meu blog. E não, não estou ressabiada. Fez-me só pensar no que tem mudado.
Podia vir praqui ser má pessoa e armar-me ao pingarelho, dizer que no meu blog escrevo o que quiser e ninguém tem nada a ver com isso, enxovalhando o anónimo maldito, "como se atreve a dizer isto de mim?!", mas isso não tem nada a ver comigo, com a pessoa que eu sempre fui, nem com a maneira como lido com os problemas ou críticas. 

Esse comentário fez-me pensar na forma como um blog pode ou não transparecer a pessoa que está do lado de cá, a escrever. Nem sempre o que se escreve corresponde à realidade do autor nesse momento, e é preciso ter em atenção isso. Além disso, as pessoas mudam. A miúda que começou este blog pode já não ser tão miúda assim e ter-se interessado por outras coisas, outras formas de escrever e outras formas de se mostrar. Se formos ver os arquivos dos blogs, poucos são aqueles que permanecem imaculados, iguaizinhos desde o início ao fim. E isso significa mudança. Ninguém permanece exactamente igual ao que era, pra sempre. E ainda bem! Apesar de nem sempre se mudar para melhor. 

Para o anónimo, o meu blog mudou pra pior. E eu genuinamente respeito isso. Também eu me deparo com muitos blogs com os quais me identificava tanto, os quais lia desde sempre com o maior entusiasmo do mundo, e de repente deixaram de me suscitar interesse. Talvez por "culpa" do autor, talvez por minha "culpa", que deixei simplesmente de achar piada áquilo. De qualquer das formas é legítimo que simplesmente deixe de ler esse blog. Sem ressentimentos! Ninguém é obrigado a ler um blog que já não lhe interessa! É tão fácil como clicar no botãozinho com a cruzinha e sair. Eu já o fiz inúmeras vezes.

Uma coisa que todos nós leitores e seguidores de blogs temos que entender é que a pessoa que escreve, escreve o que quer. Cada autor escreve o que bem lhe apetece escrever e só mostra aquilo que quer. Eu sou muito mais do que a miúda stressada que deprime na época de exames e se preocupa com a cor das paredes do quarto. Se venho praqui falar do espelho xpto ou das caixas fofinhas ou de brincos e roupas, e se passo a imagem que sou ainda uma miúda, é legítimo que me imaginem uma pitinha histérica sem nada com que me preocupar na vida. Mas pensem, ninguém é só aquilo que pretende mostrar. Às vezes gosto de ser por aqui a miúda sem preocupações porque na minha vida real, que nenhum de vocês vê, sou muito mais do que isso e tenho muito mais com o que me preocupar. Um blog é um sítio onde podemos ser quem quisermos. E eu aqui gosto de ser a miúda sonhadora que posta imagens adoráveis de coisas que gostava de ter ou fazer, de sítios que queria visitar. Gosto de escrever palermices e assuntos mais sérios. E tanto faço posts lamechas, abro por aqui o meu coração enquanto solto uma lagrimita, como escrevo toda a minha fúria sobre certas situações. Consigo ser irritadiça e odiosa também. 

Com isto não quero dizer que aqui faço de mim outra pessoa, que na realidade sou completamente diferente. Eu sou o que vocês lêem, mas sou também muito mais do que isso! 
E não levem tão a sério os posts infantis ou fúteis, são só uma maneira de esquecer por uns momentos que tenho também muitas outras preocupações e responsabilidades na vida lá fora. Acreditem que se viesse escrever tudo o que me passa pela cabeça, seria bem pior... 

10 comentários:

  1. claro!
    as pessoas e os gostos mudam! aquilo com que nos identificamos hoje, pode não ser igual ao que nos vai interessar amanhã! e com isso não somos piores pessoas! somos só diferentes!

    mudar nem sempre é mau, mas claro que agradar a gregos e a troianos é dificil! não caias nesse erro! mantem-te fiel a ti mesma!

    ResponderExcluir
  2. parabéns pelo 'sangue frio' ... eu estaria a 'trepar' paredes :)

    boa semana princesa **

    ResponderExcluir
  3. Concordo! Uma das razões por que comecei o blog foi precisamente para escrever o que me apetecer. Desde assuntos mais importantes (para mim) a outros mais fúteis que provavelmente nem interessam a ninguém. E é assim que deve funcionar! :) Quando estamos na presença de um post que não tem conteúdo que nos interesse, simplesmente fechamos a página. No dia a seguir até pode sair algo com que nos identifiquemos ao máximo!

    ResponderExcluir
  4. Sei que te referes a mim, e acredita que não te dei a opinião que dei para te rebaixar, ou só porque não tinha nada para fazer. Foi uma opinião sincera, e disse o que disse com imensa pena. No entanto, não foi também com ideias de mudares a tua escrita, seria absurdo se o fizesses. Apenas porque gosto mais da tua atitude "normal" perante a vida, que a atitude "sonhadora". Opiniões; No entanto, continuarei certamene a vir cá, pois há sempre ideias que me agradam!

    ResponderExcluir
  5. Anónimo, a sua opinião é tão válida pra mim como cada um dos comentários de agrado que recebo. Não é por ser uma crítica que o deixei de publicar ou eliminar, uma vez que respeito todas as opiniões.
    Espero que continue a visitar o blog se este continuar a ser do seu agrado, mas se quiser ir-se embora, amigos na mesma :) Todas as opiniões que me deixam são apreciadas.
    Não me senti de forma alguma rebaixada ou impelida a mudar o que quer que fosse por causa deste cometário. Todos sabemos que é impossível agradar a toda a gente e o meu objectivo também nunca foi esse. Obrigada pelos comentários.

    ResponderExcluir
  6. Acho que cada um deve escrever aquilo que lhe apetecer. Eu própria às vezes olho para o meu blog e questiono-me: 'se fosse um blog de outra pessoa eu leria?'. Sinceramente? Não sei. Mas é como é, ninguém tem de mudar para agradar aos outros. Até porque um blog é sempre uma forma de escape em relação a nossa vida. Como disseste, e bem, nós somos o que escrevemos nesta grande blogosfera, mas também somos mais do que isso.

    ResponderExcluir
  7. Gostei imenso da forma como lidaste com isso! As pessoas mudam, não ficam iguais. Como dizes também se muda para pior, mas no meu caso gosto imenso do teu blog. ás vezes não tenho nada para comentar, mas é um daqueles blogs que gosto de ter na minha lista para fazer a ronda diária. Identificou-me nalgumas coisas contigo, por isso é que ainda gosto mais de o ler.
    Boa escrita! :D

    ResponderExcluir