terça-feira, 5 de julho de 2011

A minha afilhada é melhor que a vossa :P


A minha madrinha, mãe da minha afilhada (complicação, right?), diz que posso estar bem orgulhosa que ela tirou bem a "bênção à madrinha". Tem um feitiozinho bem complicado às vezes. Tem sempre resposta pra tudo aquela criatura e é mesmo arrebitada, pespineta até. Melosa como a madrinha, só está bem aos beijinhos e abraços (menos quando quer ser má e diz que já acabaram), e de tanto entusiasmo às vezes até me magoa. Está sempre a dizer "Madrinha, adooooooooooro-te" e adora mexer em tudo o que é meu. Sempre que vem cá a casa tem que levar algum souvenir, coisas minhas claro,como se isto fosse um destino de férias que quer recordar. Vaidosa como não há, desde pequena que pega na roupa e a conjuga, para ver se as cores combinam :) Enfim, vejo nela um pequeno (minusculo) prolongamento da minha mariquice feminina. Desde cedo que fiz questão de a fazer entrar no mundo dos brincos, pulseiras e arcos, como qualquer menina que se preze.
É super responsável e organizada com as coisinhas dela. Vem passar a próxima semana toda comigo e disse-me logo "mas vou levar os meus cadernos para fazer os trabalhos de casa!". 
Avizinha-se assim uma semana em que vou andar sempre "M, está quieta", "M, fala baixo", "M, deixa de ser regateira". No primeiro dia, que eu pensava que ia andar toda histérica e aos pulinhos de alegria e a dar-me cabo da cabeça, passada 1h de ter chegado, estava tão entediada que foi dormir. 2h30 sem a aturar, que delírio :) 

7 comentários:

  1. Depois acorda com o dobro das energias!

    ResponderExcluir
  2. As crianças são realmente o melhor do mundo ahah

    ResponderExcluir
  3. Oh, tens uma afilhada mais crescida do que a minha! A minha tem 4 aninhos, ainda não tem trabalhos de casa, mas é uma fofa. Ontem para me dar os parabéns gritava o meu nome ao telefone tipo claque "M., M., M.!".

    P.S. --» Vi e adorei a tua mensagem :)

    ResponderExcluir
  4. ai, que amor :D boa sorte com isso! eheh

    ResponderExcluir