domingo, 17 de abril de 2011

as temáticas com que me debato...

Às vezes gostava que fosse possível medir os sentimentos. Quantificar. Era isso, gostava de conseguir quantificar o que sinto, bom ou mau. Para poder mostrar às pessoas que eu amo, o quanto gosto delas, o quão importantes são na minha vida.  
Não tenho necessidade que me digam "Gosto 100% de ti", é verdade. Mas gostava de poder mostrar às minhas pessoas a intensidade do meu amor, carinho, preocupação por elas. Porque às vezes torna-se desesperante ter tantos sentimentos para expressar e não o conseguir fazer. É sufocante. Como se as palavras e os gestos já não chegassem. Mas depois penso que não é preciso quantificar nada quando o podemos mostrar diariamente, em pequenas coisas.
Depois ligo a tv e estes pensamentos passam-me. Ainda bem

4 comentários:

  1. ia ser muito dificil de quantificar num número! digo eu!

    ResponderExcluir
  2. Mesmo que pudéssemos quantificar, esta é uma maquinaria muito complexa. Nem sempre nos apercebemos de todos os nossos sentimentos, pelo que pesar ou medir ia ser tramado, de facto :) Ver televisão é boa ideia =P

    ResponderExcluir
  3. Concordo, podia ser que acreditassem em nós, um pouco mais. Mas acho que tinha medo de ver a quantidade do quanto gostam de nós. Por outro lado, acho que errávamos muito menos e éramos muito menos magoadas!

    Vê-se mesmo que tive um desgosto. Desgraçada de mim!

    ResponderExcluir
  4. A maioria das vezes penso o mesmo, que nem existe nada que possa classificar o que sinto.

    ResponderExcluir