terça-feira, 8 de maio de 2018

Vizinhos, esses seres irritantes

Não sei que raio se passa mas há sempre alguém a bater à porta dos meus vizinhos da frente. Todos os dias, mais do que uma vez ao dia. Nada disto me incomodaria, não fosse o facto de as pessoas não tocarem à campainha mas sim baterem à porta constantemente, acompanhando as batidas com berros a chamar pela pessoa pretendida. Mesmo se tocarem à campainha, acabam sempre por bater à porta por cima e chamar pelas pessoas. Tipo, "oh Belinha!", *truz truz truz* "belinhaaaa!", *truz truz truz*, "oh belinhaaaa! É a x". É isto todos os dias. Há dias em que nem percebo se estão a bater à porta dela ou à minha, tamanho o barulho que ouço dentro da minha casa. 

Vivo rodeada de loucos!

12 comentários:

  1. Agora que estamos na nossa casinha... agora não temos vizinhos, é mesmo uma casa. Temos ao lado outra viventa mas só isso. Que maravilha! LOL

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderExcluir
  2. Já mudavas de casa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou nesta casa há dois meses! Claro que não vou mudar de casa brevemente, mas agradeço a sugestão.

      Excluir
    2. Claro que não?
      Claramente estás incomodada. E tendo em conta que passas o dia em casa levar com barulho todo o tempo consome demasiada energia.
      Quando fores mais crescida vais perceber..
      Até lá boa sorte nisso :)

      Excluir
    3. Tem toda a razão anónimo. Consome energia e percebo a sugestão, mesmo. A questão é que há coisas mais importantes, neste momento, em que me focar. Os vizinhos de baixo, que são o maior terror, só fazem barulho de manhãzinha antes de irem para a escola e quando regressam ao fim do dia. Não incomodam o meu dia de trabalho. Estes que passam a vida a bater à porta também é mais num certo horário, porque os miúdos também têm escola e não estão sempre em casa.

      É incómodo, mas a verdade é que também nos vamos habituando. Ainda há pouco tempo me mudei, ainda mal me livrei de mudanças e todas as chatices inerentes, não me vejo a mudar tão cedo. Mesmo que os vizinhos sejam doidos. E sabemos lá como vão ser os vizinhos no próximo sítio onde eu for... É uma lotaria.

      Neste momento da minha vida dou prioridade a outras coisas. O barulho dos vizinhos incomoda mas tenho mil vantagens mais em estar nesta casa, acaba por compensar. Não é tudo perfeito, tem este senão dos vizinhos, mas pode ser que um dia tenha a sorte de voltar a morar com pessoas civilizadas :)

      Obrigada pelo comentário :)

      Excluir
  3. Ficaste a morar na tua 'terrinha'? Talvez já tenhas dito mas não li :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a meia dúzia de metros de onde vivia antes, com os meus pais. Tivemos uma sorte danada para arranjar esta casa! :) Apesar dos vizinhos, dos quais gosto de me queixar, não pretendemos mudar-nos tão cedo.

      Excluir
    2. Não sou o mesmo anónimo do comentário anterior :)

      Beijinho

      Excluir
  4. Deus me livre de vizinhos desses!

    ResponderExcluir
  5. Não és a única deixa lá ! As pessoas cada vez são menos civilizadas :s

    ResponderExcluir
  6. Ahah imagina teres vizinhos mudos, que mesmo morando no 2° andar e tu no 3° ouves tudo, como não têm percepção dos ruídos e barulhos que fazem são 6h da manhã e a sra já está a arrastar móveis e de salto alto pela casa, há noite se for preciso são 23 e estão a martelar coisas, têm uma filha que sendo "normal, faz o mesmo barulho que os pais e os vizinhos que se lixe... Esse tipo de vizinhos existem em quase todos os lados é preciso ter sorte! Ahah

    ResponderExcluir
  7. Estava num sítio com vizinhos do género dos teus... já estava a dar em maluca! Nem um ano aguentei, acabei por mudar. Agora estou num sítio tão bom, com pessoas tão normais e silenciosas e civilizadas que sinto que estou no céu! Espero que isso melhore, por aí :)

    Beijinhos,
    Salomé

    ResponderExcluir