quarta-feira, 28 de março de 2018

O karma, esse bandido...

Sabem aquela velha história de não atirar pedras quando se tem telhados de vidro, não cuspir para o ar, não rir do vizinho e todos esses ditados populares que, parecendo só ditados, têm todo um fundamento lógico que quase sempre se confirma? Adoro quando realmente tudo isto funciona. 

A pessoa dizia-se mais esperta do que metade do mundo, nem o 12º ano acabou (depois de 3 tentativas). A pessoa dizia que só não arranja emprego quem não quer, mas esteve desempregada e sem conseguir arranjar nada durante mais de meio ano. A pessoa armava-se que hoje em dia não se namora e quem o faz é parolo, hoje em dia "anda-se", de preferência hoje com um e amanhã com outro... engravidou. E os pais da pessoa, que sempre gostaram de falar da vida dos outros, agora são eles e a filha o alvo dos mexericos. Bem diz a minha rica avozinha: tudo se paga nesta vida!

7 comentários:

  1. E é o que mais se vê!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Se assim eram olha só temos a dizer "temos pena"... mas que o karma é um fdp lá isso é ;) ah também costumo dizer que cuspir para o ar e fugir a tempo é uma obra de arte que nem toda a gente sabe fazer

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca tive dúvidas que as pessoas colhem aquilo que semeiam!

    ResponderExcluir
  4. As pessoas esquecem-se que, tal como referiu A Pimenta, colhem aquilo que semeiam!

    ResponderExcluir
  5. Karma's a bitch. Não tenho pena dessas pessoas :)

    ResponderExcluir