segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Desvalorizar o que é diferente

É verdade que há cada vez mais pessoas a perceberem que isto é um trabalho sério mas, estou quase há um ano na empresa, e ainda há quem me pergunte pelo meu "trabalhito" ou desvalorize o que eu faço, só porque trabalho em casa. Parece que não é a sério, só porque não saio de casa de manhã e regresso à noite. Que preconceito, que desinformação. Percebo nas pessoas, regra geral, que não acreditam muito que isto seja um emprego a sério, que tenha horários fixos, que tenha que apresentar trabalho feito ao fim do dia, só porque o faço a partir de casa. Parece, além disso, que estão preparados para eu dizer que já não trabalho nisto, que descambou, que não deu mais. Não só por ser um trabalho nestes moldes como por ser completamente fora da minha área de estudos. 

No início achava normal que perguntassem, que achassem estranho, mas já começa a chatear. Há dias em que enerva ter que estar sempre a responder a este tipo de alfinetadas. Mas depois também há dias, felizmente a maioria, em que as pessoas me perguntam pelo meu trabalhito e eu simplesmente respondo, calmamente, que o meu trabalho vai muito bem, obrigada. Às vezes não sei se é estranheza, curiosidade ou só inveja. 

13 comentários:

  1. Eu digo mais : é pura parvoíce . 😊 Uma boa semana ..

    ResponderExcluir
  2. Não será o caso de sentirem inveja das condições em que fazes o teu "trabalhinho"? Por não lhes ter sido dada oportunidade de fazer o mesmo? Sem estar dentro do assunto, é o que me parece honestamente.

    ResponderExcluir
  3. Faz como a rainha: sorri e acena. Não ligues a essas provocações (;

    ResponderExcluir
  4. É porque desconhecem como funciona. Sabes como é, tendemos a duvidar daquilo que não compreendemos :)

    ResponderExcluir
  5. Olha, eu muito em breve vou invejar o teu "trabalhito"... Principalmente porque podes fazê-lo de pijama!!!! Sniff sniff. Mas olha, admiro a tua capacidade de calma (nem que seja aparente). Eu acho que respondia só torto... E dizia "sabes como é, ninguém me controla, sou paga para me deitar no sofá. Melhor do que isto só pagarem-me para dormir". Gente parva --'

    ResponderExcluir
  6. Tenho curiosidade em saber qual é a área.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço trabalho comercial para uma empresa. Contacto com clientes, follow up, essas coisas.

      Excluir
  7. Infelizmente, ainda há pessoas que desvalorizam aquilo que não conhecem

    ResponderExcluir
  8. É o meu sonho conseguir um trabalho a partir de casa, pois sou muito metódica e organizada! Mas não sei bem como e por onde começar! se me conseguires oreintar agradeço! Aquilo que é desconhecido acaba por causar repulsa nos outros, é natural! Nem explicando uma centena de vezes! Por isso nem vale a pena perderes o teu tempo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Paula, gostaria muito de te poder ajudar mas não sei como. Esta modalidade foi-me sugerida pela empresa, não fui eu que procurei empregos nestes moldes. Calhou bem, mas foi pura sorte neste aspeto. Talvez dê para pesquisar empregos com esse requisito, não sei.

      Excluir
  9. Inveja, provavelmente. Olha, eu invejo :P não porque não trabalhes, acredito que o faças, mas porque trabalhar no conforto do lar e de pijama, se te apetecer, é muito melhor, certamente! :)

    ResponderExcluir
  10. O mesmo comigo, não pelas mesmas razões, mas porque "só" trabalho 3 ou 4 dias por semana. O tom muda quando explico o que faço e que trabalho 12/13h por dia... Tudo tem as suas vantagens. Ainda a semana passada trabalhei 13h no sábado, 7h30 (meio dia) no domingo e três noites de 12h, 2 a, 3a e 4a. 5a de manhã terminei, fui para Londres 5a ao fim do dia e voltei ontem à noite. Só trabalho amanhã. Acham que o meu trabalho não é sério porque não trabalho das 9 às 17 de 2a a 6a, mas depois têm inveja do tempo que tenho livre e uso para viajar. ;)

    ResponderExcluir