segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Plataformas para rentabilizar redes sociais

Longe vão os tempos em que as pessoas criavam blogs pelo simples prazer de escrever e partilhar. Embora existam ainda muitos blogs com esse único propósito, poucos são os que se mantêm fiéis à ideia de escrever só por prazer.
Confesso que esta coisa de escrever só porque pagam, sem sequer ter cuidado naquilo que divulgam ou na forma como o fazem, me deixa sempre de pé atrás. Não tenho nada contra a publicidade, desde que seja feita de forma profissional e tendo em conta a essência do blog e aquilo que os leitores gostam de ver e de saber e que a mesma siga a máxima de recomendações genuínas.

O meu blog sempre foi e sempre será genuíno. Quando comecei nisto dos blogs foi para escrever o que bem me apetecesse, falar do que queria e quando queria, sem filtros. Sempre tive gosto pela escrita e mais ainda pela partilha. Não tenho pretensões de viver do blog (embora seja algo que até me imagino a fazer e a gostar), mas não nego oportunidades de ganhar alguma coisa com este hobbie. Se posso fazer o que gosto, manter a essência do blog e ainda ganhar uns trocos com isso, I am in. Foi por isso que me inscrevi na plataforma Inzpire.me

Nesta plataforma para influencers, podemos dar a conhecer as nossas redes a um mercado global de marcas. Fazendo uma atualização do nosso perfil, podemos colocar um sem fim de temas que abordamos nas nossas redes e tornarmo-nos mais facilmente acessíveis para as marcas que procurem divulgação/parcerias nessas áreas. Não precisamos de ter um número específico de seguidores ou visitas, embora ajude ter maior abrangência para certas campanhas. Somos nós que definimos a taxa cobrada pela divulgação/parceria e a plataforma cobra 5% dos nossos ganhos. A inscrição é gratuita. 

Embora não esteja nisto dos blogs para ganhar dinheiro, como já referi, penso que não vem mal nenhum ao mundo por me inscrever em serviços deste tipo. Nunca se sabe o que pode surgir daí e não se perde nada em experimentar. Inscrevi-me muito recentemente e, por isso, não posso dar ainda um feedback aprofundado, mas a forma como tudo funciona parece bastante simples, o layout da página também é bastante intuitivo e não há nada de complicado no processo. É só inscrever, atualizar o perfil e ficar à espera que as marcas nos enviem propostas de algum trabalho, que podemos ou não aceitar (e aqui está a essência da coisa: se acharmos que aquilo não acrescenta nada ao nosso estilo de posts ou aos nossos leitores, se não confiarmos na marca ou no produto, não aceitamos e está tudo bem com isso) e negociar valores conforme acharmos mais vantajoso. 

Alguém já experimentou algum serviço deste género? Recomendam? Contem tudo.

Quem se quiser inscrever, pode fazê-lo aqui

4 comentários:

  1. nunca me inscrevi em nada disto mas parece-me bem! triando a primetag não uso mais nada para rentabilizar o blog... não que esteja nisto pelo dinheiro lol vou da uma olhadela ;)

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderExcluir
  2. Por acaso não conhecia, mas vou aproveitar para espreitar!
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a plataforma mas também não é algo que me puxe muito. Quando entrei nos blogues só escrevia textos fictícios, por exemplo. Agora "abri-me" mais e falo de coisas pessoais. Por vezes continuo com os textos que habitam a minha imaginação. Escrevo pelo simples prazer de escrever. E, sinceramente, por muito que goste de escrever não me imagino a viver só disto. Acho que ia começar a ter bloqueios criativos :p

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia a plataforma :) Actualmente utilizo a Swonkie porque me facilita imenso no agendamento e partilha dos post's nas diferentes redes sociais, visto que o meu tempo actualmente não é muito :)

    ResponderExcluir