terça-feira, 4 de julho de 2017

A minha mãe, no dia do seu aniversário

A minha mãe é o pilar da família, como (quase) todas as mães o são. Se ela não está ou se, por algum motivo, não pode fazer o que faz sempre, nota-se logo pela sua falta. A casa não funciona sem ela nem a família é a mesma quando ela está doente ou mais para baixo. A minha mãe é, como todas as mães, uma chata, tem sempre que reclamar de alguma coisa, nunca está bem com nada e, ainda por cima, tem a mania das doenças. A minha mãe é um medricas, não dá um passo sozinha, quer estar sempre rodeada de pessoas e passa a vida a dizer asneiras. Com ela não há tristezas. Tem o hábito estúpido de apalpar toda a gente com as suas brincadeiras e os meus primos já fogem só de a ver. Até porque a minha mãe não sabe brincar, não mede a força que tem e acaba sempre por magoar alguém com os seus apalpões e palmadas várias. 

Mentiria se dissesse que da minha mãe só tenho coisas boas a dizer, mas é um facto que são muito mais as qualidades que lhe consigo apontar do que os defeitos. É, sem sombra de dúvida, a pessoa mais melosa que eu já conheci na vida e, quando gosta de alguém, a pessoa tem a certeza que é um amor incondicional e arrebatador. É uma mulher de beijos, de abraços, de apalpões (lá está) e tem um brilho nos olhos que só destina a quem realmente adora. 

Ao longo dos anos têm sido muitas as chatices entre nós e é verdade que há dias em que só penso que preciso mesmo do meu espaço e de só a ver de vez em quando porque é demasiado intensa em muitas coisas. Mas nesta fase da minha vida, muito feliz por sinal, tenho visto a minha mãe muito mais como aliada e confidente do que aquela gaja chata que passa a vida a moer-me o juízo :) Acho que faz parte também da idade e do crescimento, começamos a perceber melhor os nossos pais e a dar mais valor ao que fazem por nós. Sem dúvida que não há ninguém no Mundo disposto a fazer por mim o que a minha mãe faz e, por isso (e por muitas coisas mais) sou-lhe muito grata. Parabéns para ela que faz hoje 46 anos, uma jovem! :)

Um comentário:

  1. E quanto mais cresceres, mais vais ver a tua mãe como melhor amiga. Cada vez sou mais próxima dos meus pais. Parabéns a ela, já agora!
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderExcluir