terça-feira, 6 de junho de 2017

Senta que vem história!

Li há pouco tempo uma série de memes sobre depilação e que remetiam para a primeira vez em que nós, enquanto meninas, fizemos depilação. O engraçado disto dos memes é a forma como nos identificamos com as coisas, com as situações. Estava a ler e só me ria porque é tudo verdade. E depois lembrei-me das asneiras que fiz, quando comecei a depilar as pernas. Aposto que todas temos histórias boas para contar. 

Ora então, sempre fui uma criança peluda. Peluda e precoce. Sempre tive muita consciência do meu corpo e tinha muita vergonha dos meus pêlos que, naquela altura, mais não passavam de pêlos finos de criança. Mas como sempre fui muito morena e de cabelos escuros, claro que os pêlos não haveriam de ser loiros. Então sempre me incomodou ter ali aqueles pêlos nas pernas.
A primeira vez que me aventurei nessas coisas, tinha talvez uns 6 anos. Era Verão e ia usar o meu vestido preferido, azul e com muitas margaridas estampadas. Aproveitei que ninguém estava em casa e lá fui eu pegar numa lâmina e raspar um pedaço de pêlo na perna. Não me lembro da situação ao certo, mas lembro-me de quando descobriram o que eu tinha feito e de ser só uma faixa ali a meio de uma das pernas. Não faço ideia por que razão só fiz uma faixa. Devo ter ficado com medo que alguém me apanhasse e parei. Não me recordo. Essa foi a primeira grande asneira, ter 6 anos e preocupar-me com isso.

Depois disso já passei por imensos processos de descoberta em relação aos melhores métodos de depilação, já testei de tudo, já passei por fases mais ou menos difíceis nesse campo de aceitação do pêlo corporal. Mas tenho verdadeiras histórias de terror. Desde aquela vez que tirei semelhante bife na perna que o sangue manchou toda a banheira de vermelho (e que deixou uma ferida enorme que nunca mais cicatrizava e deixou uma marca feia e enorme até hoje, da qual já tive muita vergonha), até àquela vez que deixei o umbigo roxo por puxar os pêlos da zona com uma banda de cera mal aquecida. A primeira vez que fiz com cera, demorou mais de 1h e saí de lá vermelha, roxa e com pedaços de sangue por dentro da pele, como quando fazemos um apertão, de tanto que me magoaram e puxaram e repuxaram. Sou uma sofrida nestas coisas, é o que é.

A minha panca por pêlos é tão grande que tento exterminar tudo. Por mim, só teria sobrancelhas e cabelo. O resto não faz falta nenhuma. Não é só uma questão social ou de pressão para sermos mulheres perfeitas, é algo também pessoal. Não gosto de pêlos, acho feio, sinto-me muito mais bonita e mais limpa quando estou depilada. Depois, de castigo, tenho pêlo em todo o lado, da testa aos dedos dos pés, valha-me Deus. Felizmente agora estou a tratar de os remover a laser, que já são muitos anos de vida dependente de pinças, cera, lâminas, máquinas e descolorantes. 

Mas bem, isto seria mais com o intuito de partilha. Contem-me lá a vossa experiência com a depilação. Quando foi que fizeram pela primeira vez? Fizeram asneiras?

9 comentários:

  1. Não me lembro com que idade comecei a fazer depilação mas excepto no buço e sobrancelhas, sempre fiz com gilette e não morri por isso. A minha avó pregava-me sermões que com gilette os pêlos engrossavam muito blá blá blá. Nunca lhe dei ouvidos e no meu caso até me enfraqueceu bastante os pêlos das pernas principalmente. :P

    ResponderExcluir
  2. Sempre fiz com gilette, mas não me lembro com que idade comecei, já experimentei os mais diversos métodos, mas agora ando viciada na espuma depilatória da veet . 6min e estou sem pêlos .

    ResponderExcluir
  3. Acho que fiz asneira com todos os métodos de depilação que já experimentei. Em miúda, fiz a depilação durante quase um ano antes da minha mãe se aperceber. Odiava pelos xD
    THE PINK ELEPHANT SHOE // GANHA UM MEGA CABAZ DE VERÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou os pêlos não davam muito nas vistas ou a tua mãe andava muito distraída! 1 ano sem ela reparar!!! :) ahaha

      Excluir
  4. Não comecei tão cedo como tu mas sempre sofri do mesmo mal. Com uma mãe esteticista não tive grande escolha em pequena. Primeiro comecei por fazer nas axilas, coisa que nunca me custou. Quando passei para pernas/virilhas a coisa mudou. Ficava em pânico sempre qu sabia que ia fazer porque me doía horrores. Claro que adorava ficar 2/3 semanas sem pêlos mas não compensava as dores. O primeiro "erro" que fiz foi usar espuma da veet. Já tinha 20 anos e achei que chegava de chorar de pânico. A minha mãe ralhou imenso comigo e nunca mais me fez a depilação, felizmente! Sei que podia aproveitar não pagar mas o trauma faz-me fugir da maquina de cera. Só na parte de baixo das pernas é que não me dói. O resto, ui. Agora o veet e às vezes a lâmina são os meus melhores amigos. A minha mãe sempre me disse que a lâmina ia tornar os meus pelos mais fortes mas na verdade até fiquei com peladas. O porquê não sei mas agradeço :p

    ResponderExcluir
  5. A primeira vez que fiz foi mesmo a cera, aos 13 anos, e tive sorte porque a esteticista era super simpática e "meiguinha", não foi muito agressiva, então para primeira vez... não foi tão mau quanto isso.
    Já andei em 4 diferentes, uma pessoa vai mudando por circunstâncias da vida. E todas acabavam por comentar que sou "rija" porque não sou de me queixar muito, e a verdade é que me doía sim, mas não imensoo como ouço muitas queixar.
    Não faço completa, a tudo, tudo, desde o início, mas já la vai um tempinho que assim o faço!
    Há um ano também comecei a fazer a lazer e olha: Melhor coisinha!

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre fiz depilação a cera e sou bastante peludinha. Mas nem consigo pensar noutra maneira de o fazer. Ja pensei fazer a lazer, mas a verdade é que depois de mais de 10 anos a fazer depilação sempre a cera os meu pelos ficaram bastante mais fracos. Demoram mais tempo a crescer, crescem mais fracos e quando vou a depilação saem com muita facilidade. Tmbém odeio pelos. tiro todos.. é como dizes, por mim era so cabelo e sobrancelhas.

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderExcluir
  7. Com lâmina já tirei muitos bifes, com cremes depilatórios já queimei a pele, com cera aconteceu-me (e acontece) muitas vezes ficar com o sangue pisado como descreveu no seu post, e com máquina fico com a pele parece que foi picada por imensas agulhas!

    Enfim... Os pêlos não deviam nascer e pronto! Resolviam-se muitos males!

    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Se tu soubesses como me revejo neste teu texto -.-
    Também sou peluda, tenho pêlo em todo o lado e escuro e sofro muito com a depilação. Já experimentei de tudo e o pior é que agora tenho muitas marcas de pelos encravados e as pernas manchadas por isso, esse é o meu maior problema neste momento...já é pele.
    Quero muito fazer a depilação a laser mas há tantas variantes e montes delas parecem não funcionar que tenho sempre imenso receio. Além disso, não é a coisa mais barata do mundo, quando se quer qualidade.
    Conta a tua experiência nesse campo sff!
    Beijinhos

    ResponderExcluir