sexta-feira, 12 de maio de 2017

Não há meio de entenderem

Pessoas que não entendem que, lá por se estar a trabalhar a partir de casa, não quer dizer que passemos o dia de papo para o ar e possamos fazer mil pausas e trabalhar poucochinho.

Uma amiga mandou-me mensagem esta semana, na minha hora de trabalho, a perguntar se queria sair com ela. Disse-lhe que estava a trabalhar. A resposta dela foi qualquer coisa tipo "oh, bem podias tirar 1h para vir comigo!". Nem me dei ao trabalho de responder.

Vocês que trabalham fora de casa, como é mais comum, por acaso tiram 1h da vossa hora de trabalho para irem acompanhar uma amiga a qualquer lado só porque sim? Eu não sei que empregos é que as pessoas têm para achar isto normal, mas para mim não faz sentido nenhum. E da mesma maneira que, quando trabalhava fora de casa, não saía quando queria e voltava assim que me apetecesse, não é por agora trabalhar a partir de casa que vou sair e deixar o trabalho por fazer. Estou em casa em vez de estar num escritório, mas o trabalho tem que ser feito da mesma maneira! Diria até que há maior pressão, já que não quero que pensem que estive o dia todo sem fazer nada, então esforço-me mais para mostrar mais trabalho ao fim do dia. E depois, para mim é uma questão de princípios. Não é porque não tenho ninguém a controlar o meu trabalho ao longo do dia que vou deixar de fazer as coisas, tirar tempo para sair, aproveitar para tratar de coisas pessoais... Claro que se torna um trabalho mais flexível, sim, mas não gosto de abusar. Faço o meu trabalho como se estivesse lá no escritório com as restantes colegas. Paro para ir à casa de banho, para lanchar, para almoçar... Não vou parar para ir ali ao cabeleireiro ou ao café com as amigas. E fazer as pessoas entender isto? Que é um trabalho como o delas e que, se seria impensável para elas fazerem essas pausas nos trabalhos delas, para mim é igualmente impossível? Haja paciência.

6 comentários:

  1. Passo EXATAMENTE pela mesma coisa e é MUITO chato!!!! Estava trabalhando para as Olimpíadas aqui do Rio e era MUITO trabalho! Por isso mesmo, era melhor trabalhar de casa, para não perder o tempo de ter que me locomover até o escritório e poder adiantar todas as entrevistas e textos que precisava produzir. O pior é agora... Pois além de jornalista, também sou escritora e decidi me dedicar esse ano totalmente ao meu blog e aos meus livros. Sempre que encontro um amigo ou alguém da família preciso ouvir "Agora que as Olimpíadas acabaram, você não vai procurar outro trabalho?". Também tenho vontade de nem responder. Não entendo o motivo de as pessoas acharem que trabalhar de casa ou ser escritora não é profissão. É uma loucura tudo isso!

    Adorei seu blog... Voltarei sempre por aqui! Já salvei nos favoritos... Se quiser conhecer o meu - http://fernandabelem.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu também trabalho em casa e passo pela mesma situação.

    ResponderExcluir
  3. As pessoas às vezes só olham para o seu umbigo e não se metem no lugar dos outros :/ entendo-te muito bem! É isso e os da residência acharem que eu tenho a vidinha crazy life de erasmus :P e que não vou sair / beber / whatever porque sou uma seca. Deixem-me ser seca, mas se calhar tenho horas para me levantar e trabalho para fazer!

    ResponderExcluir
  4. Compreendo-te e concordo totalmente contigo!

    ResponderExcluir