quarta-feira, 24 de maio de 2017

Leituras

No outro dia, ao cuscar o meu próprio feed no instagram, cheguei à conclusão que tenho lido muito pouco este ano. No ano passado, por esta altura, já tinha lido 16 livros. Este ano, ainda estou a ler o décimo primeiro. Felizmente é por um bom motivo, a vida agora é outra e não há tempo para tudo. Ainda assim, fico com pena de estar a descurar este lado.
 Bem sei que há que fazer escolhas porque o tempo não estica. Na verdade, nem é só uma questão de tempo. Tenho lido menos porque também nem tenho comprado tantos livros. Este ano ainda só comprei quatro. E se os comprei é porque quis lê-los, claro, mas nenhum deles me deixou com aquela sensação de que tenho-que-ler-senão-morro! Comprei mais por curiosidade, para ter o que ler, do que por querer mesmo muito ler aquele livro. Ainda não comprei este último da Jodi Picoult, o único que quero MESMO ter para ler, porque tenho outras prioridades e não me apetece dar quase 20 euros por um só livro. Ando em contenção de despesas, tenho outras coisas que gostaria de comprar e acabo sempre por ficar naquela de compro/não compro, por isso não comprei, até ver. É o problema dos livros: são caros! Claro que, como em tudo na vida, é uma questão de prioridades. Poderia perfeitamente comprar um livro por mês e não morreria por isso, mas também há outras coisas que quero fazer ou ter e o dinheiro não estica. Apesar de adorar ler e ter os meus próprios livros, se pensarmos bem, é dinheiro que fica ali empatado numa estante. 20 euros por um livro que lemos uma única vez e depois fica ali... Sim porque eu preciso de muito tempo para conseguir voltar a ler os mesmos livros. Para mim não tem piada nenhuma estar a ler se já sei a história. É como ver filmes, não me interessa ver filmes repetidos só porque sim. Tenho que deixar passar algum tempo até não me lembrar bem da história para poder voltar a apreciar o desenrolar da mesma. 

Enfim, tudo isto para dizer que tenho lido pouco, apesar da lista imensa de livros que quero comprar e ler. Agora também quero concluir o desafio a que me propus, que eu sou dessas que faz competições consigo mesma. Se me comprometi a ler 30 livros, 30 livros lerei ou não me chamasse eu M.! :)

6 comentários:

  1. Nunca pensaste em comprar um kindle? Eu pessoalmente não gosto, mas não leio 30 livros por ano! 30 livros por ano é muito livro, vais ficar com a casa cheia de livros (se já não tens XD). Não que isso seja mau, mas os livros fazem pó e lá está, dar aquele dinheiro todo por um livro que depois fica na estante...
    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pensei nisso mas eu adoro mesmo a experiência de ler em papel, pegar no livro, folhear... Não compro todos os livros que leio porque leio bastantes livros emprestados, por isso não compro nem acumulo 30 livros num ano :) Ainda assim, já são bastantes cá por casa nas estantes.

      Excluir
  2. Se te comprometeste com 30 então força, tu consegues! Nem sempre sabemos dividir o tempo mas com força vamos lá :p

    Beijocas,
    ANDA DAÍ!

    ResponderExcluir
  3. Nem vou falar dos meus hábitos de leitura do último ano porque é uma vergonha!
    Boa sorte para o teu desafio!

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente, por questões monetárias, não tenho conseguido comprar muitos livros para ler. Tenho lido alguns oferecidos e emprestados, maioritariamente. Mas espero mudar isso brevemente! Boa sorte no desafio ;)

    ResponderExcluir