terça-feira, 11 de abril de 2017

Alguém o quer? Eu vendo barato

Estão a ver aquelas pessoas que começam as manhãs logo chateadas porque têm filhos pequenos que lhes fazem a vida negra logo ao raiar do dia? Sou eu, mas por causa do meu irmão.

Todos os dias começo o dia a berrar. Já não importa quantas vezes eu diga, a roupa suja vai ficar sempre atrás da porta da casa de banho, a carteira em qualquer canto da casa com moedas de fora, as sapatilhas no meio do caminho, casacos por todo o lado onde dê para pousar/pendurar e papéis e embalagens vazias na pia em vez de no lixo. É um porco, basicamente. Pensa que as pessoas são obrigadas a aturar as imundices dele. Estamos a falar de um gajo que já faz 19 anos este mês mas a quem é preciso estar sempre a chamar a atenção para estas coisas. Tenho sempre que andar "vai buscar a roupa atrás da porta!", "há caixote do lixo!!!", "tira a tua roupa do sofá!" "a próxima vez que vir as sapatilhas no meio do caminho, deito-as pela janela!", enfim. E tudo isto começa logo pela manhã... Agora está de férias da Páscoa, já estou fartinha de o ver.

Tenho muita pena da gaja que o levar. Não é arrumado nem organizado, não sabe fazer nada em casa e é preciso andar sempre atrás dele para fazer as coisas. Futura cunhada, se me estás a ler, a culpa não é minha! Eu tentei fazer dele um homem, mas a tua sogrinha tem sempre muita pena dele, coitadinho, é o menino da casa... Boa sorte e não o tragas de volta!

12 comentários:

  1. Great post dear

    Have a nice day! :)

    ResponderExcluir
  2. Ahahahah! É normal, primeiro é homem. Segundo é um puto. Tem calma mulher, que isso faz rugas e cabelos brancos. E não és mãe dele.


    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderExcluir
  3. Ahahah! Até me fizeste rir! Tens de ter calma e paciência, muitaaaaaaaaaa paciência :)
    Beijinho

    sosweetgirlythings.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Se o teu irmão fosse meu irmão, acho que ele já tinha fugido de casa para não sofrer a minha ira.
    O meu namorado é um bocado despassarado da cabeça, mas sabe que aquilo que lhe compete é exclusivamente dele e que não mexo nem uma palha quando ele não o faz. Por exemplo, cabe a mim colocar a roupa para lavar e inicialmente avisava-o para colocar a roupa do avesso antes de deixá-la no cesto. Como é cabeça de ervilha continua a esquecer-se, não vira a roupa, eu também não a vou virar por ele e às vezes as roupas dele sofrem "acidentes" (como os estampados a quererem sair). Azar, se não aprende paciência.

    ResponderExcluir
  5. Perdoa-me o comentário mas isso é da educação. Estive 4 anos com uma pessoa assim (note-se que sou demasiado paciente!) e acabei por o mandar de volta para casa da mãe por já não suportar certas coisas.


    Ms. Telita | Telita LifeStyleFacebookinstagram

    • passatempo no blog: giveaway

    ResponderExcluir
  6. Assim fica difícil uma pessoa não desesperar :o

    ResponderExcluir
  7. Acredito que um dia ele mude, até porque se encontrar alguém já lá vai o tempo em que só a mulher é que cuidava da casa... Beijinhos e boa sorte*

    ResponderExcluir
  8. hahahaha!! fartei-me de rir!! hahahaha


    Um beijinho dourado

    ResponderExcluir
  9. Só se me pagasses :D eheh.. As mães são sempre as culpadas! :P

    ResponderExcluir
  10. Como se costuma dizer: "O hábito faz o monge", ou seja, o teu irmão está tão habituado a ter as coisas feitas por ele que se acomodou a essa situação. No entanto, no dia em que precisar de ser ele a fazer, que remédio tem ele de as fazer mesmo! Tem paciência... tudo se paga nesta vida, aposto que vai arranjar uma mulher ainda mais preguiçosa do que ele e ele é que terá de fazer tudo em casa hahaha (just kidding) ;)

    ResponderExcluir