terça-feira, 14 de março de 2017

There is no such thing as too many books | Lolita by Vladimir Nabokov


Confesso que, a princípio, achei que este livro não seria indicado para mim. É completamente fora daquilo que costumo ler e o tema principal é daquelas coisas que me deixam revoltada e enojada. Decidi dar uma hipótese porque o meu namorado insistiu que lesse, que não era "tão mau" quanto parecia e que não era nada explicitamente grotesco, apesar de tudo.

Para quem não conhece, Lolita é um romance escrito por Nabokov onde este relata a relação entre uma menina e o seu padrasto muito mais velho. Inicialmente o livro foi até mesmo rotulado como pornográfico. Sendo um tema bastante difícil e podendo despertar reações variadas, achei que fosse sinceramente uma coisa mais insuportável. Embora continue a achar reprovável o comportamento da personagem masculina, depois de ler consegui entender um outro lado da história, uma parte mais humana, de amor (embora tudo isto seja muito discutível, claro).

Na verdade, é um livro extremamente fácil de ler. A leitura é bastante descomplicada, embora seja uma narração bastante rica. Prende-nos completamente em poucas páginas e tem uma cadência muito agradável. Contrariamente ao que se possa pensar, não tem nenhuma passagem chocante ou pornográfica. Aliás, o que mais me espantou foi mesmo a relação dos dois, pois eu tinha a ideia preconcebida de que tudo se passava em clima de violação, de força física, de imposição, mas havia da parte dele uma genuína vontade de amar aquela criança, de a fazer feliz, embora todo o conceito do livro possa ser discutido. Ele tinha noção de que esta atração por meninas era algo negativo, algo sobre o qual deveria ter vergonha e tinha até a preocupação de que elas se apercebessem, queria preservar a inocência delas. Continua a ser inexplicável e completamente indesculpável o que ele acaba por fazer para estar com a miúda, embora ele se tenha convencido que ela queria aquilo tanto quanto  ele e isso lhe tenha dado a desculpa para agir. Seja como for, e moralismos à parte, é um livro muito interessante, com uma história bem elaborada, com descrições absolutamente incríveis das viagens, dos sítios onde passaram, até os pormenores das roupas... Aconselho a lerem.

4 comentários:

  1. Não conhecendo o teu namorado, já me apercebi que tem bom gosto literário, pelas sugestões que te dá.:)
    O livro é realmente bom. Vê o filme, com o Jeremy Irons, também é imperdível.

    ResponderExcluir
  2. Parece que nos dá um sentimento agridoce no início mas parece interessante.

    ResponderExcluir
  3. Olha que me deixaste curiosa. Também seria algo que à partida não leria porque essas coisas mexem imenso comigo...

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderExcluir
  4. Parece interessante, principalmente por que me parece completamente diferente de tudo o que já li.

    ResponderExcluir