segunda-feira, 27 de março de 2017

Da falta de educação

Sou, acima de tudo, uma pessoa bem educada. Não me importa se gosto ou se conheço as pessoas, mas cumprimento sempre, nem que seja só com um sorriso. Digo bom dia a estranhos, sorrio a quem passa por mim na rua, nos supermercados, nos transportes... Já falei sobre isso aqui. Não sou especial nem melhor que ninguém, apenas fui educada para ser uma pessoa com sensibilidade para estas questões sociais. Cumprimentar quando se chega a um local, dizer por favor e obrigada, são coisas básicas que faço questão de dizer seja onde e a quem for. Detesto gente mal educada que não responde de volta ou pensa que é boa demais para se dar ao trabalho de falar com terceiros, claramente inferiores.

No outro dia estava com o meu namorado na rua quando passou uma antiga colega de faculdade. De facto eu nunca falei para ela na minha vida,ela é que teve algumas aulas com ele, nem tenho sequer boa ideia dela (aliás, acho bem que ela nem se me atravesse à frente muitas vezes, que eu não vou à bola com ela por outras questões). Mas estar ali parada na rua a assistir à conversa dos dois sem que ela tenha sequer dirigido o olhar para mim, quanto mais dizer-me bom dia, foi das atitudes mais rudes que já presenciei. Toda sorrisinhos, dá cá beijinhos e abraços com o meu homem, e nem se me dirige o olhar para sorrir ou dizer bom dia. Foi como se eu nem existisse. Eu não vou à bola com ela, mas esperava, no mínimo, que me sorrisse, que eu faria certamente o mesmo. Nada. Fingiu que eu nem existia. Que pessoa tão sem nível, tão sem educação. Que falta de chá. E não digo isto porque fiquei com ciúmes, que eu sou gaja para estar mais do que segura da minha relação e não me sinto ameaçada por qualquer rabo de saias que se aproxime do que é meu. Apenas fiquei incrédula porque eu seria incapaz de ir cumprimentar um amigo, uma pessoa que eu conheço, e fazer de conta que não via as pessoas que estavam à sua volta. Um sorriso, um olá a todos, qualquer coisa, que a gente também não precisa de sacar logo de beijos e abraços se nem conhece as pessoas, enfim.

A boa educação cabe em todo o lado e são coisas que nem custam assim tanto tempo da nossa existência. Algo que deveria ser do bom senso de cada um, é fator de diferenciação na hora de percebermos o que valem as pessoas. Pessoas que não são capazes de cumprir pequenas regras de cortesia e de bem-estar na sociedade, que não são bem educadas, podem ser tudo o que elas quiserem, ter o que tiverem, mas para mim não valem de nada. Sempre ouvi dizer "Não vale a pena ter mestrado e não dizer bom dia ao porteiro" e aqui está, é isso mesmo. 

9 comentários:

  1. Realmente é muito falta de educação mas sabes o que precisas de fazer nessas situações? Ser superior. Aos poucos esse tipo de pessoas vão perceber o que fazem. As atitudes ficam para quem as tem ;)

    Beijinhos,
    Ricardo
    www.opinguimsemasas.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Esse tipo de comportamento é tão ridículo. Já me aconteceu o contrário: encontrar um amigo de longa data com a namorada actual, sorrir para ela e a tipa virar-me a cara.


    Ana Teles {Telita} | blog: Telita LifeStyleFacebookinstagrambloglovin'

    • novo grupo para divulgação de blogs:
    blogs Lifestyle Portugal/

    ResponderExcluir
  3. A rapariga fez isso numa de se atirar ao teu namorado a tua frente . Que cabra desculpa lá.

    ResponderExcluir
  4. Só por essa atitude diz tudo...Já levei com pessoas assim, não estando com o namorado, mas entre grupo de amigos, ou seja, estava com determinado grupo de pessoas e chegar uma pessoa que se dá com todos mas não se dá comigo, então fala a todos com beijos propositadamente e não me fala aí. Aliás, a partir desse momento, o grupo separa-se e muda completamente o que causa mau estar e acabo por me ir embora.

    ResponderExcluir
  5. Já me aconteceu igual e só não desatei a reclamar porque porque. Há pessoal mesmo idiota!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderExcluir
  6. Se há coisa que também não tolero é falta de educação e infelizmente é um mal de que padece o mundo irremediavelmente :/
    Realmente, mesmo que a pessoa não conheça, vá à bola ou tenha visto alguma vez na vida, só lhe fica bem, nem que seja, fingir um sorriso, acenar com a cabeça, qualquer coisa, que mostre o mínimo que educação e respeito.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. OH. MEU. DEUS. Apetece-me chamar-lhe nomes e não a conheço! A sério, que lata... Ai, olha, nem sei o que dizer! Ou melhor, sei, e não são coisas bonitas... Que gente tão baixinha.

    ResponderExcluir
  8. Se há coisa que aprendi foi que licenciatura ou mestrado não é sinónimo de boa educação. Ou se tem ou não se tem. E é incrível como há pessoas que não se dão conta da figura que fazem!

    ResponderExcluir