quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

There is no such thing as too many books | As velas ardem até ao fim by Sándor Márai


Confesso que os livros deste autor me dão um certo nervoso no final. Fico sempre à espera de algo mais. Parece que as histórias são inacabadas ou, pelo menos, os finais fogem muito àquela máxima de "e viveram felizes para sempre". Parece que nunca há uma conclusão, na realidade. Já tinha lido "A mulher certa" e fiquei com a mesma sensação.

Sinopse: "Um pequeno castelo de caça na Hungria, onde outrora se celebravam elegantes saraus e cujos salões decorados ao estilo francês se enchiam da música de Chopin, mudou radicalmente de aspecto. O esplendor de então já não existe, tudo anuncia o final de uma época. Dois homens, amigos inseparáveis na juventude, sentam-se a jantar depois de quarenta anos sem se verem. Um, passou muito tempo no Extremo Oriente, o outro, ao contrário, permaneceu na sua propriedade. Mas ambos viveram à espera deste momento, pois entre eles interpõe-se um segredo de uma força singular..."

O livro está extremamente bem escrito, as descrições transportam-nos para o mundo das personagens e a leitura até é bastante fluída. Contudo, há momentos em que acho desnecessário tanta descrição. Penso que, da mesma forma que no livro "a mulher certa" o autor se centra nas questões sobre a cultura e o que é a cultura, neste debruça-se sobre a amizade e o seu significado, em diálogos que mais parecem monólogos. Achei, em certas partes, chato e irrelevante. O que eu pretendia era descobrir afinal qual é o segredo, que acontecimento levou ao afastamento destes dois grandes amigos, mas quando eles finalmente se juntam para conversar e desvendar tudo isso, o que o leitor ganha é grandes monólogos sobre o valor da amizade. Sem dúvida que este autor gosta de se debruçar sobre estas questões filosóficas e cria estas histórias como forma de conseguir expor as suas opiniões. Em suma: fala-se de tudo mas nunca se chega a saber verdadeiramente o segredo nem como acaba a história entre os dois amigos. Não gostei por aí além, apesar de considerar um livro extremamente bem escrito, como já disse. É muito fácil de acompanhar a história. O facto de não ter o final que permita concluir realmente a história é que me deixa de pé atrás com o livro. 

5 comentários:

  1. Livros com finais misteriosos... ao menos que escrevam continuação das histórias!

    ResponderExcluir
  2. Este está na minha lista... Mas esse tipo de finais nem sempre me agradam, também.

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante deste livro assim como de A Mulher Certa. Boas escolhas literárias! :-)
    E ler com qualidade é do melhor que há.

    ResponderExcluir
  4. This looks like a really interesting book)) I didn't read it
    www.recklessdiary.ru

    ResponderExcluir