terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Importante! | Aproveitar a desgraça alheia: a minha experiência e "abre-olhos"!

O post é longo mas é informativo e espero que ajude a alertar mais pessoas.

Não sei ao certo como é que isto se faz, mas cada vez mais tenho a certeza que há empresas que têm acesso a currículos que nunca enviamos. Já me aconteceu duas vezes. 

A minha experiência

Da primeira vez, recebi um telefonema de uma suposta empresa bastante badalada da nossa praça a marcar entrevista para um estágio. Como não me lembrava de ter concorrido para nada daquela empresa, confessei à pessoa que me ligou que não me lembrava de ter enviado currículo e se me poderia refrescar a memória, explicando-me, se possível, qual era a oferta e onde a mesma tinha sido anunciada. Pedi desculpa mas a verdade é que, quando estamos à procura de emprego, acabamos por mandar tantos currículos que nem nos lembramos de tudo. Além de que, como muitas vezes as respostas tardam a chegar (as que chegam!), penso que é normal esquecermo-nos. Continuei sem me lembrar de ter concorrido para aquela vaga, mas lá me informei que havia realmente um programa de estágios nessa empresa e que até me interessava. Fui à entrevista porque achei que era uma boa oportunidade. Quando lá cheguei, deparei-me com uma sala cheia de outras candidatas (o que é péssimo e nada ético) e esperei. Fui entrevistada por um homem super atraente, jovem, bem vestido e bem falante, que voltou a reforçar o nome sonante da tal empresa mas já cheio de subterfúgios, que eram uma empresa que trabalhava com essa empresa importante e o trabalhado seria x e y. Prometiam salário incrível e excelentes perspetivas de progressão na carreira. Quando me perguntou porque é que eu me tinha candidatado, voltei a frisar que não me lembrava de ter candidatado e perguntei coisas específicas sobre o estágio na empresa importante (que entretanto tinha visto na net). Não me sabia responder, disse que não era isso que eu estava a dizer, que eu estava a confundir, etc. Saí de lá super desconfiada e com a sensação que me estavam a enganar. Ligaram-me passado umas horas de ter saído de lá a dizer que tinha sido selecionada para uma próxima entrevista no dia seguinte. Por muito tentador que fosse, como já estava a trabalhar na loja, decidi que não queria ir a mais entrevistas que podiam não dar em nada e perder a oportunidade já certa de ficar onde estava, sendo que tinha começado nesse mesmo dia. Mais tarde vim a saber que era tudo uma farsa. Várias pessoas foram entrevistadas e depois vieram para um grupo de emprego no facebook alertar que era tudo mentira e aquela conversa toda de ganhar salários semanais e prémios e progredir dependiam de vendas porta a porta. Depois entendi o porquê daquela sala cheia de miúdas novas e bonitas, claro.

Agora voltou a acontecer-me. Não duvido que esta empresa seja real e séria, apenas não sei como foram obter o meu currículo. Tinha mandado ontem vários currículos, mas tudo relacionado com lojas e empregos desse tipo, na minha zona de residência. Nada "importante", nada de empresas "sérias" e sonantes. Quando recebi um telefonema de um número desconhecido, achei que poderia ser de alguma dessas coisas. Apresentaram-se, disseram o nome da empresa e eu novamente sem me lembrar se mandei currículo para aquilo. Voltei a pedir que me relembrassem qual era a oferta e onde estava o anúncio. Desta vez disseram que estava no Olx. Ora, eu nunca procurei emprego no Olx nem nenhuma oferta de outros sites me remetia para o Olx. E sei que não concorri a essa vaga porque, agora que fiz pesquisa detalhada sobre a empresa, sei que não concorro a empregos que estejam relacionados com vendas tipo porta-a-porta nem callcenter. Logo, esta empresa arranjou o meu currículo e tentou recrutar-me com o pretexto de que eu é que concorri à vaga. Escusado será dizer que não vou à entrevista coisa nenhuma, que não quero trabalhar num sítio que usa este tipo de patranhas para angariar colaboradores.

Moral da história

Acho completamente indecente fazem isto às pessoas. Uma coisa é ter acesso ao perfil dos candidatos através do Linkedin ou de rede de contactos de amigos, por exemplo, e falarem abertamente, do tipo "Estou à procura de alguém com estas características e vi o seu perfil" ou "Preciso de alguém assim e assado e o seu nome chegou a mim através da pessoa x". Acho que não tem mal nenhum, pelo contrário! Mais hipóteses de trabalho sem sequer termos tido o trabalho de procurar, de concorrer à oferta. Outra completamente diferente é arranjar o nosso currículo sabe Deus como e fingirem que fomos nós que nos candidatamos. Estes últimos, parece-me que usam esta estratégia muito mais frequentemente quando tentam arranjar pessoas não sendo totalmente transparentes, como o primeiro caso, para empregos aos quais poucas pessoas concorrem. Não acho isto normal! Sinto que me estão a fazer passar por estúpida e, além disso, sinto a minha privacidade um pouco violada. Claro que mandamos currículos para muitos sítios e as pessoas têm acesso às nossas informações pessoais, mas uma coisa é fazê-lo de livre vontade por desejo em trabalhar naquele sítio, outra é alguém que nós não queremos ter acesso a essas coisas sem nós sabermos.
Sinto que se estão a aproveitar de mim e de um momento em que estou mais sensível a engodos. É indecente! Aproveitar a desgraça alheia... Devem pensar "Olha esta aqui à procura de emprego! Deve estar tão desesperada que aceita qualquer coisa!!! Vamos ligar e dizer que somos a empresa x e que ela é que nos mandou o currículo. Aposto que nem se vai lembrar, de tantos que manda diariamente. É canja!". É nojento. Pessoas assim metem-me nojo. Não que não possam surgir boas oportunidades daqui, certamente haverá quem queria este tipo de trabalho e até se considere com sorte de ter sido contactado assim, mas eu não quero trabalhar num sítio que tem este tipo de práticas, por muito que precise de um emprego. 

Se também estão à procura de emprego, fiquem atentas! Nem que apontem diariamente os sítios para onde mandaram currículos, para terem a certeza de quem vos contacta (e é uma excelente forma de manter o foco naquilo que fazem, quem vos responde, onde insistir novamente, onde desistir, se estão a demorar na resposta, etc). E cuidado com os sites de emprego! Parece tudo muito inofensivo, mas a verdade é que estamos a dar informações muito pessoais acerca de nós mesmos num só currículo (há fotos, há idade, histórico profissional e formativo, até a nossa morada e contactos!). Para mim serviu para abrir os olhos a estas coisas. Pode parecer inofensivo, afinal é só uma entrevista, mas estas pessoas estão na posse de informações importantes sobre nós e podem usá-las como bem entenderem. Fica o aviso.

19 comentários:

  1. Isto é indecente . Esta gente não tem moral nem escrúpulos . Já enviei cvs para muitos sítios mas felizmente nunca me deparei com situações deste tipo. Obrigada .

    ResponderExcluir
  2. Já me aconteceu umas 3 ou 4 vezes mas nunca cheguei a ir às entrevistas porque pesquisei primeiro na internet. Acho também estranho como é que arranjam os nossos currículos! Fizeste muito bem em partilhar a tua experiência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da primeira vez fui porque pareceu-me plausível que me tivesse esquecido de ter enviado currículo para aquela oferta, uma vez que naquela altura mandava imensos por dia e não conseguia manter-me a par do que mandava. E porque o tal estágio que eles usavam para atrair pessoas existia mesmo (embora não fosse deles) e era muito interessante. Desta vez nem vale a pena porque apanhei logo a mentira. Não ia perder tempo e dinheiro a ir, era o que me faltava!

      Excluir
  3. Que porcaria. Fogo... Não tem outro nome. Quer dizer, tem, mas tenho medo de ser censurada pela Internet! =|

    ResponderExcluir
  4. Felizmente nunca me aconteceu... Há pessoas que gozam literalmente com a nossa cara!

    ResponderExcluir
  5. Estou nessa situação e isso nunca me aconteceu mas vou ficar atenta. Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. É triste que as pessoas cheguem a este ponto, mas, infelizmente, há quem não tenha escrúpulos e se aproveite dos outros --'

    ResponderExcluir
  7. Já me aconteceu duas ou três vezes e da primeira tal como tu porque me pareceu uma oferta legítima e estava naquela fase de mandar tantos currículos que nem me lembrava bem de para onde tinha mandado.

    Da última vez que me contactaram avisei-os que já estava empregada e que sabia perfeitamente que não tinha mandado currículo para lá nem para lado nenhum. Tinha ido a uma entrevista para outra empresa na mesma morada mais de um ano antes. Disse-lhes que ou eles me tiravam o nome da lista interna ou de onde raio tivessem arranjado o meu currículo (porque eu não andava à procura de trabalho há meses) eu mandava a Inspecção Geral do Trabalho fazer-lhes uma visitinha (porque não era a primeira vez que me contactavam sabendo eu que não lhes tinha fornecido o meu currículo). Curiosamente nunca mais me voltaram a contactar.
    Isso são pessoas que sabem perfeitamente em que esquema estão metidas.

    Bom post, fizeste bem em partilhar a experiência.

    Beijinhos

    http://buongiornoprincipessa3.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas sem escrúpulos que tentam à força toda enganar as pessoas. Fizeste muito bem em ameaçá-los!

      Excluir
  8. Gostei do seu relato, é de se abrir os olhos mesmos! Já achei tanto picareta querendo dar vaga, uma farsa atrás da outra! Fico assustada com essas vagas de internet porque até pelo likedin já vi coisas estranhas! Ainda sou das antigas e prefiro agência física, é bem mais confiável!


    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  9. Bom, é de uma pessoa ficar atenta. Agora, já há muito tempo que não passo por essa fase de mandar tantos CVs que me esqueça para onde já respondi, mas já passei por isso. Uma pessoa nem pensa nisso nessa altura, com a cabeça sempre a mil à procura de trabalho. Aproveitam-se disso. E fazem-nos perder tempo e dinheiro nas deslocações...

    ResponderExcluir
  10. Nunca me aconteceu mas isso é tão pouco ético que até dá dó, principalmente pelo facto de quererem levar a pessoa a acreditar que foi ela que se candidatou...

    ResponderExcluir
  11. Felizmente nunca me aconteceu mas obrigada por partilhares a tua experiência... pode ser que outras pessoas fiquem de sobreaviso!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do teu post e fizeste muito bem em partilhar o que te aconteceu, para alertar outras pessoas. Ainda não me aconteceu nada desse género, mas realmente é de ficar "assustada" com esta gente e com a falta de escrúpulos deles...

    ResponderExcluir
  13. Obrigada pela partilha.
    Nunca me aconteceu nada do género, mas também tenho algumas aventuras com entrevistas que fazem revirar os olhos. Por exemplo: ter ido a uma entrevista, em que éramos duas pessoas a ser entrevistadas ao mesmo tempo por uma equipa e nessa equipa estar presente o namorado da pessoa que estava comigo em entrevista :/.
    Até há uns tempos atrás ia bastante a entrevista. Ultimamente, apesar de muitos cvs enviados, as respostas são escassas.

    ResponderExcluir
  14. Confesso que nao tinha noçao que ja assim estavamos:s que degredo. So neste pais...

    ResponderExcluir