quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Da blogosfera para a realidade

Em tempos, conheci na vida real uma pessoa que me era muito querida do mundo dos blogs. Não foi propositado, mas as circunstâncias assim o propiciaram e aproveitamos ambas a oportunidade. Foi bom conhecer aquela pessoa para lá das palavras num blog e dos comentários, dar-lhe uma cara, um cheiro, um tom de voz. Ainda somos amigas no facebook, mas penso que já não nos falamos há uns dois ou três anos. Nem sei se ela ainda lê o meu blog (entretanto ela fechou o dela). Sei que, independentemente de mantermos contacto ou não, foi uma experiência incrivelmente positiva e que gostaria muito de repetir.

Entretanto, sigo e seguem-me pelo instagram pessoas do mundo dos blogs mas com as suas contas pessoais. E eu sinto que elas estão em desvantagem em relação a mim. Eu conheço-lhes os rostos, sei-lhes os gostos e vidas para além dos blogs, mas elas só me conhecem enquanto a M. do blog. Acho injusto. Gostaria que me conhecessem na realidade, que tivéssemos ambas acesso a perfis pessoais para estarmos em pé de igualdade, que fossemos amigas.
Com algumas pessoas que cá vêm há algum tempo ou que simplesmente têm coisas sempre pertinentes ou queridas para me dizer, sinto que tenho uma conexão especial que vai para lá de pseudónimos e iniciais. Gostaria de as conhecer pessoalmente, ser amiga delas. Mas depois eu sou uma desajeitada nestas coisas, nem sei como tal poderia ser possível na vida real ou até que ponto isso não seria considerado por elas uma invasão das suas vidas pessoais e privadas. Sou uma tótó, bem sei, mas isto são questões que me apoquentam!

28 comentários:

  1. Eu entendo-te perfeitamente! Também sinto isso. Conhecer pessoalmente a Bruna foi das melhores coisas que o meu blog me deu. É incrível, mesmo. Sentir uma conexão que não achamos possível que exista desta forma... Mas existe! E é tão bom saber que ao longo da vida vamos continuar a somar amizades, apesar das que perdemos pelo caminho.

    E gostava muito de te conhecer! Sabes o meu nome... É adicionares-me no facebook que eu aceito :))

    ResponderExcluir
  2. Concordo contigo. Apesar de nunca me ter passado pela cabeça ter um blog que não anónimo, não me importava nada que determinadas pessoas da blogosfera soubessem quem sou na realidade.

    ResponderExcluir
  3. é verdade, ter amigos bloggers com quem partilhar estas coisas deve ser mega fixe. sigo-te com a minha conta do Instagram pessoal, "sabes" quem sou!

    E também gostava muito de te conhecer! estou à espera que venhas passear a Lisboa e me digas alguma coisa xD

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas também não tens muitas fotos tuas para que eu consiga reconhecer-te facilmente :p

      Gostaria muito! Quando estiver por aí, de certeza que te digo :)

      Excluir
  4. O facto disso te apoquentar já é meio caminho andado para te preparar para dar o passo seguinte! Fá-lo quando estiveres preparada. Eu gosto de conhecer a pessoa para além do blog mas respeito quem prefere não "dar a cara", não é por isso que não lhe vou dar atenção :)
    Beijinho M. :)

    http://sosweetgirlythings.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Apesar de o meu blog ser anónimo, tenho adicionadas no meu facebook pessoal, pessoas que me são mais próximas no mundo dos blogs eheh

    ResponderExcluir
  6. Olá, M. :)
    Sigo-te há anos, mas creio que nunca seguiste o meu blog (uma vez que me deixei desta andança dos blogs em 2010). Mas este post toca bem no meu coração: conheci a minha melhor amiga em 2009, através dos blogs do sapo. Dos blogs para o twitter, para as mensagens, para as cartas... Para a vida. ♡ Moramos a 400km de distância e nenhuma amiga me conhece tão bem como ela. :) Também conheço mais duas meninas destas andanças (gostamos de dizer que somos da velha guarda dos blogs), mas somos apenas conhecidas com uma cara e à vontade para uns Olás ocasionais.
    Adoro blogs. Especialmente quando consigo criar uma ligação (muito creepy, para falar a sério) com a pessoa que leio diariamente. :) Se segues alguém com quem tens imensa afinidade, dá o passo. Não custa nada e uma amizade pode sair daí (e nunca se tem demasiados amigos, quando são bons).
    Beijinhos,
    Outra Hermione (pois é, acho que sabes quem sou ahah)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que segues o meu instagram, mas não vejo nenhum blog associado. Não sei se antes te seguia :/
      O lado bom disto dos blogs é mesmo essa afinidade que se cria com quem está do outro lado. Adoro esta sensação de amigos virtuais :) A tua história é bem bonita, obrigada por partilhares. E obrigada por seguires o blog :) Um beijinho

      Excluir
  7. É bem verdade o que dizes. Passamos tempos a ler um blog e afeiçoamo-nos a ele, mais propriamente à pessoa que o escreve e dá aquela vontade de conhecer, de ter um rosto e uma voz. Mas como...

    ResponderExcluir
  8. Nunca conheci ninguém pessoalmente de um blog que sigo, mas deve ser muito bom. Compreendo a tua curiosidade, porque sinto o mesmo. Não sei se já te aconteceu começares a criar uma imagem mental das pessoas... acontece-me imenso

    ResponderExcluir
  9. Knowing someone in person after long time of talking over the internet is incredible! Knowing exactly what words the person is going to use but not knowing the voice tones, the movements etc is crazy. I love it. I don't think soon it will be be so because of video, snapchat and other. But still it's so pervious.
    My personal and blogging account is the same and I don't make secrets of anything on my blog - that's part of my reason of blogging. Well, I do try to look better on my blog but no lies etc.
    I'm a little sad this blogger you met online is no longer close to you. I think it's always sad to loose someone even if you don't feel warmth with this person any longer.

    Lyosha
    Inside and Outside Blog
    P.S. I followed you on gfc, bloglovin and insta you seam a very nice person to me.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. It really is a fantastic experience to finally talk frace to face with someone you only know online! It was a great feeling finally see a face and hear her voice and I'm very happy we once met in person, although we no longer talk that much!

      Thank you so much for your comment! It means the world to me knowing that are people out there who relate to what I write and like me for who I am :)

      Excluir
  10. Acho que é normal, eu sinto o mesmo. Conheço algumas das pessoas reais que sigo mas elas não sabem que o blogue é meu. Quando criamos um blogue assim, para termos privacidade, em alguns casos é complicado contar quem somos na verdade.

    ResponderExcluir
  11. Entendo o teu ponto de vista mas eu não considerava invasão de privacidade. Se quiseres seguir no instagram estás à vontade. O instagram que tenho blog é o meu pessoal.

    ResponderExcluir
  12. Faço das tuas palavras as minhas palavras mas estou sempre muito na dúvida em relação a dar a cara ao blog e às páginas que o complementam...

    ResponderExcluir
  13. entendo totalmente , amava ver quem é a misteriosa M. , parecendo que não mas só o facto de ler os blogs faz nos ficar mais ligadas da blogger :)
    Beijinhos ♡ O Olhar da Marina

    ResponderExcluir
  14. aiiiiiiiiiii, eu percebo perfeitamente! vamos marcar um date de amigas blogueiras!! JÁ!

    ResponderExcluir
  15. Compreendo-te perfeitamente! :)

    ResponderExcluir
  16. Quando fui para Lisboa, há 5 anos e tal, fui a um jantar de bloggers. Claro que era a mais nova, a Kikas, na altura com 18 anos :P Passado pouco tempo, fechei o meu primeiro blogue a sério por motivos pessoais e houve alguns contactos que perdi... Mas aquele jantar foi super divertido :)
    Seja como for, não me sinto em desvantagem... Já há bastantes coisas do dia-a-dia que partilhas no insta e no blogue. Mas também sou tontinha como tu e sinto que podíamos ser amigas :D eheh! És uma das pessoas que sigo há mais tempo, acabei por sentir ligação com muitos dos teus textos, a preocupar-me contigo também. Não nos conhecemos, mas há partes de nós que se conhecem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mesmo acontece comigo. Acho que já nos podemos considerar amigas, de tanto tempo que nos conhecemos e lemos :)

      Excluir
  17. Olá :)

    Eu já conheci pessoalmente meninas de blogs que acompanho/acompanhava e escritores para quem fiz beta-reading e com quem tive os primeiros contactos através da internet. Foram experiências muito positivas, ao ponto de falar com estas pessoas como se nos conhecêssemos há imenso tempo.
    Tal como tu também tenho curiosidade em conhecer quem está para lá daquilo que partilham com o mundo :). Eu costumo imaginar as vozes, os gestos, as expressões... É engraçado.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma parte fundamental da leitura, seja ela qual for, imaginar as pessoas, as caras, os gestos, as vozes... Acho que também é isso que dá encanto aos blogs :)

      Excluir
  18. Por acaso já conheci duas pessoas (que até moram pertinho de mim) através do blog e achei super engraçado e continuamos amigas, já lá vão uns aninhos! É curioso, porque através do que lemos nos blogs, como nos livros, vão recriando a imagem das pessoas na nossa cabeça e depois é muito engraçado quando as conhecemos ao vivo! :)

    ResponderExcluir
  19. Já me dei a conhecer a algumas pessoas para além do blog e não estou nada arrependida, são pessoas fantásticas. Outras, gostaria de conhecer melhor mas não se proporcionou, nem toda a gente está disposta a expor-se, é normal. Por vezes falta um pequeno passo que podemos dar. Força :)

    ResponderExcluir
  20. Felizmente tenho amigas já deste mundo e foram uma das melhores coisas que me aconteceu. Acho que foi uma escolha tua não mostrares a tua identidade e não é por isso que não sinto que te conheço. Apenas não associo uma cara :)

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderExcluir
  21. Oh não tens de te sentir mal! :) temos é de tratar de resolver a situação. Quando saíres dos ares do Norte e vieres a Lisboa faz o favor de dizer alguma coisa :)

    ResponderExcluir