quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Headband braid

Costumava fazer este imensas vezes, principalmente quando usava franja e não me apetecia estar a arranjá-la :) Naqueles dias de preguiça era o que me safava sempre. Confesso que demora o seu tempo para lhe apanhar o jeito e sair uma coisa bonitinha e arranjadinha, mas com prática a coisa dá-se. Eu adoro, acho bonito para uma situação mais casual e para algo mais formal também. 
Costumam usar? Já alguma vez fizeram?


12 comentários:

  1. Adoro! A minha mãe costumava fazer-me quando eu era mais pequena! Nunca lhe apanhei o jeito infelizmente. Adorava saber fazer uma trança assim!

    www.anafernandes.ch

    ResponderExcluir
  2. Uso quando me fazem porque não tenho mesmo jeitinho nenhum para isso :/

    ResponderExcluir
  3. Não costumo usar porque não costumo ter tempo para me dedicar a grandes penteados. Mas adoro (sou uma grande fã de tranças!)

    ResponderExcluir
  4. Dá um efeito tão bonito! Mas confesso que nunca me aventurei a fazê-la!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa! Gostava tanto de ser prendada para fazer estas coisas! =P

    Um beijinho dourado

    ResponderExcluir
  6. Adoro ver este tipo de posts mas sou tão desajeitada que acho que não conseguiria fazer nada disto

    >> http://joandcompanystyle.blogspot.pt/ <<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma questão de tempo e paciência :)

      Excluir
  7. Acho tão bonito. Pena que tenho uma testa enorme e não me fica bem. Tenho sempre de a a tapar com a franja :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fuck it! A minha testa também não é propriamente pequena e estou-me a marimbar para isso. É um penteado bonito, que interessa a testa? Temos que ser mais confiantes e aceitantes de nós mesmas :)

      Excluir
  8. Nunca fiz mas deu-me imensa vontade de experimentar! :D

    ResponderExcluir
  9. É lindo! Gostava de ter jeito, porque adoro fazer tranças, mas o meu estilo é sempre meio wild :P
    E gostava ainda mais que o meu cabelo crescesse mais, mas parece que chegando a determinado comprimento, não passa daí...bah...

    ResponderExcluir