domingo, 29 de janeiro de 2017

Coisas que não sabem sobre mim VI

Tenho, na sua totalidade, 10 furos nas orelhas. Fiz os dois "convencionais" quando era bebé, o segundo na orelha esquerda aos 6 anos e o terceiro na mesma orelha com 10, talvez. Na altura os pais não se importavam com estas coisas da mesma maneira que os pais de agora.
Depois foi sempre a somar. 
Aos 13 quis fazer um na cartilagem, na orelha direita, mas não ficou no sítio exato que queria, por isso tive que fazer outro (desta vez no sítio que pretendia à primeira). Aos 17 fiz um no tragus com uma amiga americana que estava cá a fazer um intercâmbio e de quem entretanto nunca mais ouvi falar. Depois achei que seria giro fazer um outro no meio dos dois da cartilagem, já que não gostava de ter aquele espaço entre eles. Mais tarde, talvez já com 20, fiz mais dois de uma vez, para completar a orelha direita. 

Passo a vida a ouvir piadas e perguntas sobre isso. Tantos brincos! Tens piercings noutros sítios? Uma menina tão girly como tu cheia de piercings! Não te dói? Que trabalheira tirar isso tudo! Que impressão! porque é que não tens na outra orelha? Se tirares isso tudo, vais parecer um coador! E quando fores velha, como vais fazer com esses brincos todos? etc e tal.

Confesso que é coisa que nem me lembro no dia a dia. Só mesmo quando fico com a orelha presa num cachecol ou com o cabelo lá entrançado é que me recordo que aquilo está ali. Não dói (nem doeu fazer, não mais do que um furo normal), não os tiro todos os dias (só os "convencionais", porque estou sempre a trocar) e não me chateiam nada. Gosto de ver. Sempre gostei de brincos e sempre quis ter muitos, fui fazendo quando me apetecia. De momento não penso fazer mais porque acho que já chega, embora tenha adorado ver um sítio novo e tenha ficado com ideias (que duvido que vá para a frente).  Os curiosos podem ver no meu instagram a foto dos meus brincos :)

19 comentários:

  1. Eu sou aquela pessoa que sempre que fura as orelhas, ganha infecção. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felizmente nunca me aconteceu. Faço aquela reação normal só e passa em poucos dias.

      Excluir
  2. Já tive dois furos mas fui estúpida e deixei-os tapar!

    ResponderExcluir
  3. São muitos furos, mas se tu gostas ninguém tem nada que ver com isso :)
    Só tenho 5 furos no total e já não me lembro de usar brincos. Perdi o hábito quando comecei a trajar.

    r: Isso é bem verdade!

    Muito, muito obrigada *.* conta comigo por aqui também*

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho seis furos. Fiz os dois "básicos" ainda era bebé, devia ter uns 6/7 meses. Depois aos 23 fiz um na cartilagem da orelha direita e outro na orelha esquerda ao lado do primeiro que já tinha. Curiosamente o da cartilagem não me doeu nada de nada mas o outro senti. Não doeu mas senti. Um ano depois fui fazer um terceiro furo em cada orelha. Desde aí não fiz mais nenhum mas gostava. Aliás, gostava de fazer no tragus mas todas as pessoas que conheço e fizeram depois tiveram problemas. Então tenho algum receio. Mas de resto o único problema que tive foi com o da cartilagem porque um dos meninos com quem trabalhei bateu-me lá sem querer e aquilo inchou. Tive que tirar o brinco mas felizmente consegui que o buraco não fechasse. Apesar de ter tantos furos nem me lembro deles. Já fazem parte de mim ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca nenhum me deu problemas. Para dizer a verdade, os que me custaram mais foram mesmo os últimos, que já são na parte do lóbulo, logo tem mais "carne". Mas eu acho que doeu mais porque foram os dois feitos no mesmo dia. De resto nunca nenhum infeccionou, nada. Não me doeu nem deu nenhum problema, acho que tenho sorte nisso.

      Excluir
  5. Confesso que admiro a tua coragem! Sei que dizes que não dói nada, mas eu sou tão medricas com estas coisas que, se não tivesse feito os convencionais quando era bebé, provavelmente agora não os faria, ainda que adore ver orelhas cheias de brincos/piercings!

    With love, Miss Melfe

    ResponderExcluir
  6. "Na altura os pais não se importavam com estas coisas da mesma maneira que os pais de agora." Porque não tens a minha mãe... Tenho os "convencionais" desde bebé (ela não queria que fosse desde aí, mas o meu pai fez chantagem emocional) e, quando eu tentei fazer o meu segundo furo (por volta dos 13, 14 anos) proibiu-me totalmente. Foi uma discussão sem fim... Depois quis fazer no tragus, menos ainda me deixou. Enfim... Aos 20/21 anos, voltei a lembrar-me que queria ter um segundo furo. Disse-lhe que o ia fazer, mas ela achou que eu estava a brincar. Passado umas semanas, quando reparou, passou-se... "Qual foi a necessidade?", etc. etc. Mas já nem quis saber, uma pessoa chega a uma idade em que é assim. Pronto, tinha de desabafar. ahah
    Seja como for, na orelha é quase como se fossem brincos. Não acho que vá ficar feio com a idade nem nada disso, por isso não te preocupes :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim, vai sempre haver alguém que diz essa do "qual é a necessidade?". A necessidade é que a pessoa gosta e pronto! :) Ninguém tem necessidade de ter brincos ou tatuagens ou cabelos coloridos ou o que for, mas várias pessoas o fazem porque sim, porque gostam, porque querem mudar, sei lá.

      Excluir
  7. sou completamente o oposto de ti nesse aspecto -- não gosto nada de usar brincos! Furei as orelhas quando tinha 11 anos, os tais furos "convencionais". Nunca gostei de me ver de brincos. Tirei logo assim que pude. E é muito muito raro usar. Faz-me confusão ^^

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderExcluir
  8. Também tenho uma catrefada deles e também passo dias e dias que nem dou por eles. Já tive que refurar alguns, mas tudo tranquilo e adoro! =D

    Um beijinho dourado

    ResponderExcluir
  9. Deixa lá os comentários! Comigo fazem o mesmo acerca das tatuagens que tenho (4) e sei que não vou ficar por aqui... Também tenho furos, mas menos. Neste momento 5 (o 6º estou a deixar fechar pois nunca gostei muito dele, uma vez que ficou mal feito!) O meu otorrino é que não gosta muito do furo que tenho no tragus! Cada vez que lá vou e ele quer observar-me o ouvido está sempre a reclamar do "ferro" que tenho ali e empatar! :)
    Parvoíces e comentários à parte, gosto muito dos teus furos e acho que estão muito bem feitos!
    Beijinho da butterfly do instagram https://www.instagram.com/licandeias/ ;)

    ResponderExcluir
  10. O importante é que gostes e te sintas bem :)

    ResponderExcluir
  11. Eu acho que te fica muito bem mesmo :)

    Eu "só" tenho 6 furos no total. Os normais fizeram-me quando eu tinha poucos meses, depois aos 13/14 anos fiz mais dois numa orelha e um na outra. Aos 16 fiz um na parte de cima de uma das orelhas. Mas neste momento só uso mesmo sempre o de cima (que é mesmo um piercing) e os dois de baixo :P

    (Também tive a pancada de fazer um piercing no umbigo com 14 anos — a minha mãe autorizou... — mas arrependi-me logo! Continua cá o furinho.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tive uma panca com piercings no umbigo mas nunca fiz e ainda bem! Não me imagino nada com um, agora.

      Excluir
  12. Eu só tenho quatro furos, mas adoro-os e lá está, nem me lembro deles. Da mesma maneira que não me lembro do piercing no sobrolho, nem das tatuagens ahah!
    THE PINK ELEPHANT SHOE // SORTEIO DE UM PERFUME ‘BLUE WONDERS’ NO FACEBOOK //

    ResponderExcluir
  13. engraçado, sempre adorei tatuagens, sempre suportei a dor ao fazer as mesmas, e algumas ó ó, mas furos nunca...medo? talvez, não sei!!!Mas que os gosto de ver nos outros gosto!

    Bom dia, boa semana

    ResponderExcluir
  14. Já tive 4, agora só uso mesmo 2

    ResponderExcluir