segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Azares

Ontem saímos de casa cedo para irmos fazer compras de Natal. Estava tudo a correr bem, consegui comprar as calças que já queria há imenso tempo e ainda andamos a espreitar lojas. Estamos a vir embora e o carro começa "aos soluços". Não havia nenhuma luz a acender ou nada de alarmante, não havia fumo nem barulhos estranhos, só mesmo esse soluçar. Mais uma vez, estragou-se a junta da colaça. Já é a quarta, para o mesmo carro. Ao menos conseguimos chegar a casa sem problemas de maior, não foi preciso chamar reboque nem nada. Mas é isto: esta porcaria estraga-se sempre em alturas de férias ou festas. Lá se vão umas centenas de euros só para o carro. 

As pessoas, principalmente as mais novinhas, fazem 18 anos e querem logo tirar a carta. Que ter carta é que é... Mas ter carta e andar de carro tem destas coisas. É seguros, é acidentes, é peças para trocar, coisas que deixam de funcionar assim do nada, nos momentos menos oportunos. Um dinheirão só nestas brincadeiras. 

7 comentários:

  1. Nem me digas nada! Felizmente o meu carro foi comprado novo e ainda não deu nenhum problema. Mas só este mês é seguro, IUC e revisão!! Já para não falar que ainda o estou a pagar :( Mas pronto, dá muito jeito, isso dá.

    ResponderExcluir
  2. É uma chatice mesmo! Mas olha... não percebo nada do assunto, mas 4 juntas da cabeça estragadas no mesmo carro não é normal pois não?! Já tentaram perceber com o mecânico se se passa alguma coisa de anormal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um carro velhotinho, coitado :) Acaba por ser compreensível. Está é a precisar da reforma!

      Excluir
  3. Querida, como te compreendo, adoro o meu carro, mas custa tantoooo financeiramente!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderExcluir
  4. Nao tenho carro, nao preciso, vivo msm no meio da cidade, mas a verdade é que é una grande grande despesa!!

    Beijinho♥
    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Concordo absolutamente! Em cidades em que se consiga andar facilmente de transportes públicos, é muito melhor... Mas e a comodidade que é ter um carro para ir ao supermercado? Eu tenho de trocar de autocarro para ir ao Lidl (o único supermercado que não tem preços proibitivos) e "estraga-me" logo um bocado do fim-de-semana :( é mesmo cansativo.

    ResponderExcluir
  6. O meu carro tem-me deixado muito pobre e só com as coisas essenciais!

    ResponderExcluir