segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Trolls

Acho incrível a capacidade que existe na internet de as pessoas criarem não-assuntos através das mais pequenas coisas. Basta escrever qualquer coisa, por mais inofensiva que seja, para dar aso a discussão. É certo que nem toda a gente tem bom-senso e que há tópicos mais sensíveis e, por isso, mais suscetíveis a propiciar a discórdia. Ainda assim, surpreende-me sempre ver até onde as pessoas conseguem levar uma discussão sobre coisas completamente afastadas da real ideia a ser debatida. 
É tudo levado ao extremo. Isto de se ter tempo livre e internet pelas mãos, associado a esta ideia de que cada um é livre de dizer o que quer, quando quer, como quer, leva a coisas completamente surreais. Se há uns anos me dissessem que um dia os sites de notícias, os blogs, os fóruns ou os chats iam chegar a este ponto, eu não acreditaria. 

Sou pela máxima de "quando não tens nada de relevante para dizer, está calado" e do "se não vais dizer nada agradável, não digas nada". Uma coisa é um debate saudável de ideias onde todos podemos expressar a nossa opinião sobre um assunto, mesmo que seja contrária à dos demais. Outra completamente diferente é arranjar pretexto para insultar, maldizer, criticar, espicaçar o outro a troco de nada. Hoje em dia tudo é motivo para arranjar problemas, para criticar, para apontar o dedo. Juro que às vezes fico estupefacta com as associações que as pessoas fazem. Coisas que, aparentemente, não têm nada a ver com o assunto principal acabam por vir à baila. As pessoas discutem sobre comida, roupa ou sapatos como quem defende a honra dos parentes. Gostava de ver se são assim tão entusiastas a defender os seus pontos de vista na vida real.

14 comentários:

  1. O título diz tudo: trolls! Já dei por mim a pensar se não ia ferir susceptibilidades no meu blog e vou adiando posts... É o que tu dizes, tempo livre e Internet ilimitada dá nisto...

    Um beijinho dourado,

    http://obiquinidourado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixo de escrever o que quero e como quero por causa das pessoas. Tenho mais cuidado com certos assuntos e formas de expressão para não criar mal-entendidos, mas não censuro as minhas opiniões, no meu blog. Quem quiser ofender-se ou não gostar, pode sempre fechar o blog e ler outra coisa ou voltar num dia que lhe agrade mais o tópico. É o que eu faço com os blogs que sigo :)

      Excluir
  2. hoje toda'gente é um expert em tudo, e todos sabem opinar sobre tudo. é estúpido. eu não ligo nenhuma às opiniões dos outros... excepto de algumas pessoas que conheço online e que reconheço serem inteligentes e ponderadas -- tipo tu.

    beijinho
    the-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que simpática! Obrigada pelo elogio :)

      Excluir
  3. Eu lido com uma pessoa assim diariamente! Na vida real! É tão desgastante!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na vida virtual é mais fácil desligar disto, basta não ver, ignorar. Mas na vida real a coisa toma outras proporções. Conheço uma assim e não me poupo a confrontos. Quando vejo que já está a exagerar, chamo a atenção. Não tenho paciência para gente assim.

      Excluir
  4. Eu na Internet não me importo, basta ignorar. Mas tenho disso em pessoas próximas e aí já é mais difícil!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tal como disse no comentário acima, é mais difícil quando é na vida real mas há sempre um jeito de cortar com essas pessoas :)

      Excluir
  5. Há pessoal que morria se trincasse a própria língua...

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente tenho de lidar com isso quase diariamente . Acho que já adquiri " ferramentas "para superar essas situações . Uma delas é ignorar completamente e pensar de imediato noutra coisa qualquer ..não é fácil, nem sempre consigo, mas já é um avanço.

    Tu não tens emprego e espero que consigas rapidamente um estágio na tua área . Já eu , passo os dias com uma vontade enorme de fugir do meu local de trabalho !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que encontres algo à tua medida, sem bem como desgasta estar diariamente num trabalho que não nos faz feliz!

      Excluir
  7. Eu cá também sou uma defensora acérrima da máxima "Se não tens nada de agradável para dizer, então cala-te" =P

    ResponderExcluir
  8. Esse tipo de coisas chateia-me mesmo. Uma pessoa vai a alguns blogs e o que vê é pessoas a agredirem-se umas às outras, ou a juntarem-se para agredir uma terceira. Já deixei de ler alguns blogs por causa disso...

    ResponderExcluir
  9. Concordo com o que disseste. E são mesmo assim na vida real. A única diferença é que na vida real o fazem por trás, mas a mesquinhez mantém-se.

    ResponderExcluir