terça-feira, 29 de novembro de 2016

Too expressive

Acho que o maior problema em sermos demasiado emotivos  e expressivos é a nossa reação à reação menos emotiva e expressiva dos outros. Não é achar que toda a gente deveria ser igual, que toda a gente tem que reagir da mesma forma às coisas, mas custa-me sempre quando vejo que do outro lado não há a expressão "do que vai dentro" de forma espontânea, aberta, sem censura. 

Mesmo compreendendo e aceitando esta diferença, custa-me sempre um bocadinho a interação com pessoas assim em situações mais específicas. Numa coisa tão simples como uma troca de prendas, eu sou aquela que diz mil vezes que gostou e que é muito bonito, reajo com entusiasmo, mostro apreciação, verbalizo o que penso sobre as coisas e a minha expressão não verbal é muito evidente e condizente com o estado de espírito da altura. E depois tenho estas pessoas a receber os meus presentes e a ficar da mesma maneira como se não lhes tivesse dado nada, impassíveis, sem reação maior que a boa educação óbvia de receber o presente e agradecer, por muito que tenham adorado. Como é uma reação tão diferente da minha, fico sempre a pensar que não gostaram da prenda, que não apreciaram o gesto, que exagerei nas coisas, sei lá. É dificil. Agora experimentem serem como eu e quererem ter daquelas conversas sérias e dramáticas sobre os demais assuntos com uma pessoa pouco expressiva. É um sofrimento, Eu a querer que a conversa desenvolva, que se falem de sentimentos, que haja ali toda uma catarse e do outro lado o pânico de ter que sequer conversar sobre essas coisas. Não é fácil!

5 comentários:

  1. Eu compreendo, odeio dar uma prenda e a pessoa nem sequer agradecer com entusiasmo bah!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // MEGA GIVEAWAY DE NATAL //

    ResponderExcluir
  2. Cada um é como é. Por acaso sou uma pessoa que tem dificuldade em verbalizar os sentimentos.
    Beijinho* Confissões de uma Pecadora by Valentina ||
    FACEBOOK ||
    Croquis - Home Decor

    ResponderExcluir
  3. Como me revi a ler isto!! Eu sou muito como tu te descreves. Às vezes, acho que sinto tudo de forma demasiado intensa, que me entrego muito aos outros e crio expetativas em relação à forma como os outros deveriam reagir comigo.
    Como cada um é como é, nem sempre encontro do outro lado, a expressividade que desejo. Mas pronto, atualmente, estou a tentar interiorizar mais isso, todos somos diferentes e a forma menos efusiva com que o outro reage às nossas palavras e nas interações não significa que não sintam o mesmo que nós. É ir deixando fluir, mas sei na perfeição aquilo que sentes.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  4. Eu sou da mesma opinião! Gosto de ver reações e emoções! E quando ofereço algo gosto de ver como a pessoa reage! =)

    www.anafernandes.ch

    ResponderExcluir