quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Sou um desastre


Tenho carta de condução há quatro anos, mas ainda me sinto como se estivesse a pegar no carro pela primeira vez quando tenho que fazer algum percurso fora das minhas rotas habituais. Fico nervosa. Tenho sempre medo de fazer asneiras, de empancar o trânsito, de não me desenrascar, sei lá. O facto de só conduzir de vez em quando e de fazer sempre as mesmas trajetórias ajuda a estes medos infundados, mas é um work in progress. 
Para este ano, um dos meus objetivos era conduzir mais e já está em andamento. Este ano já conduzi muito mais do que em anos anteriores, mesmo que só para sítios perto de casa (grandes viagens ainda não são para mim). Ainda assim, e apesar dos medos, sou uma condutora despachada. Detesto conices, desculpem a expressão. Sou uma pessoa naturalmente prática e gosto das coisas bem feitas mas sem andar ali com muitas picuinhices. Estaciono e fica como ficar (dentro dos limites possíveis, claro), não ando ali quase a medir de regra e esquadro como vejo muita gente fazer.  Sou minimamente segura para saber o que faço. Mas depois, à custa deste meu hábito de ser assim nada minuciosa, já dei cabo do carro algumas vezes. 


O carro que conduzo é dos meus pais; um carro mais velho do que eu. Por isso mesmo, e como o meu pai diz, "este carro é para dares umas trombadas com ele, para aprender". Se o carro fosse novinho e os meus pais se passassem comigo por qualquer risco, a verdade é que teria mais cuidado certamente (e mais medo de fazer asneiras também). Para verem bem, na semana passada fui capaz da proeza de bater com o carro duas vezes no mesmo dia. Os estragos não foram grandes, são coisas que mal se notam e, ainda por cima, fui capaz de estragar por cima de outros estragos anteriores (sou perita a fazer disto!). Quando mando mensagem ao meu pai a contar o sucedido, a resposta foi "Ok. deixa lá. bjs". Mais relaxado é impossível :) Pior ficou a minha avó, que quando a minha mãe lhe foi contar que tinha estragado o carro outra vez (a primeira tinha sido em casa dela), leva as mãos à cabeça e diz "outra vez?? A miúda está com o diabo no corpo!" ahahaha

Contando assim, pareço uma aselha de primeira. E se é verdade que sou um bocadinho distraída e faço pequenas asneiras, também é verdade que tenho uma condução segura e que é perfeitamente seguro andar de carro comigo. Nunca tive nenhum acidente. Todas as vezes que esbardalhei o carro foram coisinhas de nada, pequenos arranhões a sair da garagem, um toque no espelho e estas duas vezes do outro dia, mas nunca coisa graves nem que precisem de muito dinheiro para compor. São coisas que derivam da minha falta de noção espacial e distração, do meu desenrascanço, de querer fazer tudo rápido, e não por ser perigosa na estrada. Além disso, consigo sempre fazer proezas do género estragar onde já estava estragado antes, por isso não causo grandes mossas. Que vale é que o meu pai é mesmo fixe com isto senão o que ganho já não chegava para cobrir os estragos! :)

6 comentários:

  1. Eheh é a tua sorte teres um pai descontraído :)

    ResponderExcluir
  2. Aahahah! Eu adoro conduzir, mas é sozinha no carro e para sítios que eu conheça. Se for para ir a algum sítio novo é um drama. É o gps que manda por caminhos do século passado... é o lugar para estacionar... tudo é um pânico!

    Parabéns pelo blog, é a primeira vez que venho cá. Vou voltar ;)

    Bjs, AM
    andreiamoita.pt

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho a carta há um ano e meio e quem me dera que a minha mãe fosse tão relaxada como o teu pai. Quase não conduzo, porque o único carro que tenho disponível é o dela, pelo que geralmente só ao fim-de-semana é que está parado. No entanto, nem nessa alturas conduzo porque simplesmente com ela ao lado entro em pânico. Está sempre em stress e deixa-me nervosa e insegura.
    Acho que neste momento conduzir sozinha é quase impossível para mim. Mas acredito que assim que começar e me sentir segura, todos os meus medos irão desaparecer.

    ResponderExcluir
  4. Isso com treino vai lá!!! Eu conduzo desde o dia em que passei no exame!!

    ResponderExcluir
  5. Não és nada uma azelha! Acontece! 😘 Boa sorte

    ResponderExcluir