sexta-feira, 8 de julho de 2016

O que é bom acaba depressa

Não sei se será do calor que não deixa energia para muito mais do que recostar os costados e estender as perninhas ao alto, se é da falta de rotina ou se simplesmente estava mais fisicamente desgastada do que imaginava, mas esta semana de férias sinto-me mais cansada do que se estivesse a trabalhar. A pessoa dá-se à preguiça; esta vida de cama/sofá/praia cansa-me. Ontem estava de rastos também porque fiz dois treinos um bocado puxados. Tudo me dói, desde os braços até aos pés. Ando numa moleza que só visto. Nem me apetece fazer nada de nada. 

E a velocidade a que esta semana passou? Este fim de semana já trabalho outra vez e eu juro que não sei para onde foram todos estes dias de descanso que tinha pela frente. Voltava a esta vidinha de não fazer nenhum a semana toda num piscar de olhos! 

2 comentários: