segunda-feira, 16 de maio de 2016

Um mal nunca vem só

Andei quase uma semana com uma dor estranha na boca, por trás de um dente do sizo. Achei aquilo estranho, mas pronto, habituada a que estou a ter dores de dentes/na boca, pensei que fosse algo passageiro. O problema é que cada dia doía mais. Como a dor era bem lá para trás e em cima, era muito difícil de ver o que se tratava. A sensação que dava era de ter o dente do sizo a espetar-me na carne, uma coisa mesmo dolorosa e estranha. Mas esperei que passasse com o tempo, até que um dia já nem conseguia pousar a cara na almofada e muito menos comer. Desesperada, ia marcar consulta no dentista para ver o que se tratava, até que o meu namorado decidiu espreitar e era, nada mais nada menos do que uma afta. Maldita! Mas uma coisa em grande mesmo, até ficou em carne viva e com um buraco. E agora eu digo-vos, pessoas: não bastava já todo o sofrimento que passei por causa de tratamentos/aparelho? Tinha que me ir aparecer uma afta gigante e logo num local super difícil de ver e onde o dente passa o dia ali a roçar? Só a mim... Felizmente já passou.

5 comentários:

  1. Aaargh! Que azar mesmo! Isto uma pessoa com o aparelho habitua-se a ter "coisas" na boca a chatear o tempo todo... mas as afts sao mesmo más! Beijinho

    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. que azar... vá moça as melhoras e pensamento positivo

    ResponderExcluir
  3. Bem! Espero que isso passe depressa.
    Estou a torcer por isso :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Imagino o tamanho da dita para pensares que era um dente a furar a carne! :o

    ResponderExcluir
  5. Como te percebo.. Cheguei a ter 5 em tamanho gigante ao mesmo tempo...Sem comer, sem falar e lavar os dentes muito mal mesmo. É horrível ..

    ResponderExcluir