sexta-feira, 20 de maio de 2016

Aproveitar as folgas

Eu andava a portar-me bem, juro que andava. Já não comprava nada para mim há imenso tempo. Mas depois veio a Bertrand com livros a 50% de desconto e uma pessoa não é de ferro. E, no dia seguinte, um convite para ir às compras (e sabe Deus como eu preciso de sair de casa, fazer coisas que não impliquem casa-trabalho). Sendo assim lá vou eu, desgraçar a carteira mas aliviar a cabeça. Seja o que Deus quiser :) 

Um comentário: