quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O drama das prendas

(mais uma vez as prendas e o consumismo e mimimi, que eu gosto!)


Os homens (ou será só o meu?) têm uma dificuldade imensa em comprar prendas. Principalmente para mulheres. E eu juro que não entendo. Há tanta coisa que se pode oferecer a uma mulher! Nem vamos pelas coisas que poderiam ser oferecidas a qualquer pessoa tipo viagens, livros, cds, experiências em restaurantes, escapadelas e essas coisas mais de "fazer" do que de "ter". É tão fácil oferecer coisas a mulheres, pelo menos há mais opções. Nunca conheci nenhuma mulher que não gostasse de roupa, sapatos ou calçado no geral, malas ou jóias. Depois há os cachecóis, acessórios de cabelo, perfumes, aqueles conjuntos de banho, maquilhagem. E como se não bastasse, qualquer mulher fica contente com presentes lamechas tipo uma moldura com fotos bonitas e pirosices desse tipo. 

Todos os anos é a mesma coisa: o que queres para o Natal? o que queres para os teus anos? o que queres no dia dos namorados? o que queres no nosso aniversário? Sempre as mesmas perguntas, sempre as mesmas respostas: roupa, livros, malas, jóias, caixas e caixinhas (adoro!), um dia só para nós... É assim tão difícil? Tivesse eu uma namorada e era a rainha das prendas.
Já quando é para comprar prendas para o namorado é muito mais dificil, acaba sempre por ser roupa ou livros porque não consigo fugir muito disso, principalmente depois de tantos anos juntos em que tanto já se ofereceu. Como se não bastassem as limitações próprias do género, o homem ainda é esquisito. Não gosta disto, não gosta daquilo. Tudo o que gosta é caro. Depois nem dá para pôr a minha veia artística a funcionar porque qualquer coisa que seria amoroso um homem fazer para uma mulher, torna-se demasiado coninhas para uma mulher fazer para um homem. Cartinhas, fotos, flores e essas coisas todas que qualquer mulher suspiraria por receber, para um homem é embaraçoso, é piroso. 
Ainda se queixam eles!

7 comentários:

  1. Esquisitos e de que maneira. e com muita falta de imaginação para prendas mesmo que estejam à 50 anos connosco, sabendo aquilo que mais gostamos...

    ResponderExcluir
  2. Os rapazes perguntam-nos sempre o que queremos mas, sinceramente, eu não consigo dizer que quero algo em concreto, gosto que me surpreendam. Esquisitices :P

    Beijinhos
    Bruna, BLOG FASHION MORNINGS || FACEBOOK

    ResponderExcluir
  3. Também não percebo!! Para eles é muito mais difícil... e livros nem é uma opção para o meu, que o rapaz não é dado à leitura.

    ResponderExcluir
  4. OBRIGADA! OBRIGADA POR ESTE POST! Já sinto que o meu namorado não é tão alienígena (e acabei de lhe mandar este post). Ainda por cima, se eles estão connosco no dia-a-dia, se nos conhecem, devia ser ainda mais fácil. Enfim!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ui, ó pra mim quejá sou referência :) ahaha Obrigada! Espero ter feito luz na cabeça do teu L., ao meu L. está a ser um work in progress (nunca sabe o que dar mas acerta sempre!)

      Excluir
  5. Verdade, os homens são mesmo diferentes das mulheres na hora de escolherem prendas, e digo isto porque trabalho numa loja de roupa e nesta altura assisto a isso todos os dias :) as mulheres normalmente vêm a colecção toda e depois escolhem o que mais gostaram, os homens são mais rápidos, a maioria pega na primeira peça que gosta e vai para a caixa, com um ar de poucas certezas :)

    ResponderExcluir