quarta-feira, 18 de novembro de 2015

What now?

Acabou. Foram cinco anos da minha vida trancada em casa a estudar, feriados e festividades que não pude aproveitar, horas de sono perdidas e mil angústias mal geridas. Foram cinco anos em que deixei de dormir bem, em que houve horários trocados, prioridades alteradas, muitos sacrifícios em prol deste dia. E depois chegou ele. 
Sempre disse que não queria uma sala cheia. Apareceu quem soube e quis fazer parte do momento. O namorado não chegou a tempo e ficou a ouvir encostado à porta. Outras pessoas se juntaram no final para saberem a nota e darem parabéns. E eu? Eu fiquei parva com a minha serenidade lá à frente a apresentar o resultado de muitos dias de sacrifício, respondi a todas as questões de forma tranquila, argumentei e defendi o meu trabalho o melhor que soube. Nunca imaginei estar tão calma assim que começasse, parecia que aquilo era somente uma apresentaçãozeca como tantas outras que fiz ao longo destes imensos anos de estudo. Nada fazia prever esta minha reação, tendo em conta que passei o dia todo com o coração prestes a saltar pela boca, ofegante como se tivesse corrido uma maratona, com as mãos a tremer. Toda eu era nervos e desordem. Antes de entrar achava mesmo que não ia conseguir estar suficientemente calma para que me entendessem. E depois abateu-se sobre mim um milagre qualquer e fiquei calmíssima. Até gostei do momento! 

Impossível não pensar, ao estar ali sentada perante aquele juri, não só todas as provações para chegar até ali, mas todas as coisas boas que vivi até então. Os tempos da faculdade são completamente agridoces. E se, por um lado, todas as coisas más que descrevi foram constantes, por outro, foram tantas as vivências felizes, as amizades criadas, as lágrimas de felicidade, que não há como não me sentir um bocadinho tonta com tanta informação para processar. Sou mestre! Não que ligue a títulos, mas consegui. 
Estou mesmo feliz! Ainda mal posso acreditar que este dia chegou, que acabei o curso. Foram tantos anos dedicada a este objetivo que agora que chegou não sei o que fazer. A sério que já sou Psicóloga? E agora? Não era suposto o mundo ser diferente e estar tudo bonito e parar só por mim? Queria muito aproveitar esta sensação tão boa de felicidade e alívio que me percorre, este carinho que tenho recebido, esta felicidade pelos meus amigos que também chegaram ao fim. Mas a vida continua e daqui a umas horas lá estarei eu na pastelaria e de volta ao mundo real onde ser Psicóloga desde ontem significa que não tenho trabalho, nem estágio nem coisa nenhuma. Aproxima-se uma grande luta. Mas agora o que interessa é celebrar! Deixar que esta sensação tão boa permaneça o maior tempo possível. 

Ontem entrei naquela faculdade licenciada e muito nervosa, saí mestre e muito aliviada! Já não sou estudante de Psicologia, sou Psicóloga. Yay!

14 comentários:

  1. Muitos parabéns :)

    Que tudo corra bem daqui para a frente!

    ResponderExcluir
  2. Muitos parabéns :) Agora é festejar e desenhar o restante caminho. Boa sorte para o que vem a seguir. :)

    Revi-me muito neste texto. Há dois anos passei pelo mesmo e nunca pensei que poderia vir a estar tão calma e confiante como estava na altura da minha defesa principalmente porque tinha passado o dia anterior a ter um surto nervoso que só acalmou graças ao meu namorado!

    ResponderExcluir
  3. Muitos, muitos parabéns! Foi tão bom ler essas palavras! Tão bom sentir essa felicidade!
    Agora é seguir em frente e tudo há-de melhorar, mas tens o direito e o dever de aproveitar este momento!

    Que a vida te sorria sempre :)

    ResponderExcluir
  4. PARABÉNSSSSS! Daqui a menos de um mês serei eu a completar, se Deus quiser, também esta etapa. E não podia concordar mais contigo, são já muitos anos de sacrifícios sem fim, de angústia, esforço e dedicação. Só quem por eles passa poderá saber! Mas também foram anos recheados de crescimento, novidades, descobertas, construção e dádivas que nunca teremos iguais. Sem dúvida! Eu ainda conto com mais um ano que tu por isso, tás a imaginar a minha vontade de terminar isto.
    Parabéns, fico muito contente mesmo, de coração, ainda que não nos conheçamos nem nunca nos tenhamos visto :) Muitos parabéns e a melhor das sortes, começa o resta da tua vida aqui :D beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Parabéns parabéns :)
    Espero que daqui para a frente seja sempre a abrir !!

    ResponderExcluir
  6. Muitos parabéns! Espero que esteja para breve a minha vez também... ;)

    ResponderExcluir
  7. Muitos parabéns! Desafio superado :))

    ResponderExcluir