domingo, 25 de outubro de 2015

oh vidinha...

A pessoa vai ao dentista. Todos aqueles procedimentos já são desconfortáveis, mas vai daí a dentista até se atrapalha e espeta um instrumento em forma de tesoura com pontas arredondas na gengiva da pessoa. A pessoa sangra tanto que começa a ver a sua vidinha andar para trás. Como se isso não fosse suficiente, a pessoa sai de lá com mais uma merdinha nos dentes, uma borrachinha que junta os dentes de cima aos de baixo, para os alinhar. A pessoa pensa que aquilo nem é assim tão mau, até que começa a sentir o efeito de várias horas de pressão e começa a ficar tão desesperada que só lhe apetece chorar. A pessoa passou assim o seu primeiro sábado sem trabalho desde há dois anos, com dores de dentes e de cabeça. A pessoa tem que trabalhar hoje. A pessoa está super feliz #sqn

4 comentários:

  1. e é por essas coisas que eu evito sempre dentistas até não poder mais, são sempre dores horríveis...

    ResponderExcluir
  2. Eish que azar do caneco :S
    As melhores !

    ResponderExcluir
  3. Eu como raramente pude ir ao dentista quando precisava quando era mais nova (eita que sou bue velha), sempre que vou ao dentista, mesmo quando me torturam e fico na cama desesperada com dores, fico feliz.
    As melhoras querida!

    ResponderExcluir
  4. é tão horrível, as borrachas fazem tanta pressão, dão dores de cabeça horríveis, e depois os queridos dentistas de consulta para consulta vão insistindo para aumentar a força das ditas cujas, porra :/

    ResponderExcluir