quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Tem que acontecer sempre

Pois é, ontem lá fui eu toda feliz e contente para a praia e acabei por passar mais tempo dentro do carro à espera que o tempo melhorasse do que com os pés na areia. Por insistência das pessoas que lá estavam comigo, saímos do carro, que o tempo estava a melhorar olha ali o sol, estendi a toalha, fui pressionada a tirar a roupa e passada meia hora sucumbi ao frio. Estava vento e encoberto, um frio cortante nos braços, e eu não me dou com o frio. Vesti-me outra vez, enrolei a toalha à minha volta e fiquei à espera que quisessem ir embora. Há que ser realista: não ia melhorar e estávamos à espera de algo que nunca viria, o melhor era ir embora. E assim foi. Ainda cheguei a casa a tempo de tomar banho, arranjar-me e ir com os meus pais às compras. Que maravilha! Comprei imensas coisas, tudo a preços mesmo bons. Fiquei contente com o resultado destes saldos, mas acho que já chega por este ano. Já nem tenho espaço no meu minúsculo armário para tanta coisa.

Agora é tempo de trabalhar na tese que ainda não fiz nada esta semana, nem uma palavrinha escrevi.

Um comentário:

  1. Este tempinho tem estado mesmo uma caca. O que vale é que estou a trabalho pelo que tanto se me dá como se me deu!

    Depois mostra as compriiiiiinhas (cusca, eu?!).

    Boa sorte na tese! =)

    Beijinho *

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderExcluir