segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Não me pagam para isto

Uma emigrante Portuguesa, daquelas que já estão nos países que as acolheram há anos e anos e mal sabem das notícias do nosso país. Vira-se para mim, muito educada: Oh menina, desculpe lá a pergunta, mas de quanto é o salário num sítio assim? 
Eu: Sinceramente não sei. Ganho à hora, depende das horas que faço.
Ela: E se não levar a mal a minha indiscrição, quanto ganha à hora?
Eu (com cara de vergonha, que já sabia que é uma tristeza): 3 euros.
Ela (quase ofendida, com cara de quem ouviu dizer que trabalhava de graça e na verdade era escrava): Oh minha santa, vá para casa dormir um sono, que ao menos não cansa as pernas!!

E lá foi ela embora, depois de pagar a conta e de uma despedida muito educada. E eu lá fiquei, com pena de mim própria, ainda nem 3 das 10 horas de trabalho tinham passado, a sentir-me like shit, por saber que ainda assim os meus pais ganham bem menos à hora nos seus trabalhos de há mais de 20 anos. Portugal rules! #sqn

12 comentários:

  1. opá é vergonhoso mas ela também foi um bocado rude :/

    ResponderExcluir
  2. Pois... e os meus também! E eu estou a trabalhar estas férias e apesar de não ter a mínima razão de queixa, também ganho menos do que isso. Infelizmente, é este o país que temos...

    ResponderExcluir
  3. R: Obrigada! :) já vou criar uma conta a ver se começo a aprender a mexer no site. A minha dúvida é: tu compras coisas de marca? Ou aquilo que compras são artigos usados de outras pessoas? Ou são só artigos "chineses" e artesanais que outras pessoas vendem? Eu sei que há lá de tudo e, por exemplo, eu gostava de comprar uns óculos de sol ou um relógio de marca. Isso é possível? E que garantia tenho que aquilo é mesmo novo e original? x)
    E outra coisa, às vezes deparo-me com produtos cujo preço é em libras. E depois, sem fazer nada, aparecem-me as coisas em €... Não percebo nada daquilo xD

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh e outra coisa!!! PAYPAL?! O que é isso? E só posso pagar mesmo com paypal, não é?

    ResponderExcluir
  5. É o país em que vivemos, infelizmente... :\

    ResponderExcluir
  6. É tão, mas tão triste... Mas é a economia que temos. Eu não me posso queixar, mas cada vez mais me custa empregar dinheiro "mal gasto". É verdade que tenho a sorte de estar nos Estados Unidos a fazer um estágio inteiramente pago por mim, numa cidade em que o custo médio de vida são 2500$ por mês. Claro que eu não gasto esse dinheiro, mas é porque não tenho um ordenado de cá! Apercebi-me que o ordenado médio de um engenheiro biomédico aqui é de cerca de 10000$ por mês e senti-me tentada a fazer um "fuck this shit" e vir para o outro lado do Atlântico. Que vontade é que dá de ficar a ganhar 800€ no nosso país? Mas depois a verdade é que me choca muito mais ver sem-abrigos aqui. Já me deixa triste no dia-a-dia em Portugal, mas cá é mesmo o cúmulo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que um ordenado de 800 euros cá já é um bom ordenado, tendo em conta que a maioria das pessoas ganha menos de 600. É triste mesmo.

      Excluir
  7. É uma tristeza que por cá se ganhe tão vergonhosamente mal e que os nosso políticos não vejam problema nenhum nisso.

    ResponderExcluir
  8. A situação em Portugal está uma vergonha, no mínimo. É triste, e a senhora tem razão... mas quando precisamos de pagar as contas sujeitamo-nos a quase tudo. Beijinho e ânimo

    ResponderExcluir