domingo, 16 de agosto de 2015

Não me pagam para isto #7

Pessoas que ainda ficam admiradas por me verem a trabalhar.

Trabalho naquele estabelecimento desde finais de 2013, todos os fins de semana completos. Tirando raras exceções, fui sempre trabalhar nos horários acordados, sempre os mesmos desde o início. Ainda assim as pessoas vão lá e ficam com caras de parvas a olhar para mim: És tu hoje?. Então se é fim de semana quem é que haveria de ser? Sou a única funcionária e a outra pessoa que lá trabalha é a patroa, dona do estaminé. Se não é ela, sou eu, simples. Se sou eu a fazer o fim de semana, qual é a dúvida que sou eu a estar lá ao fim de semana? Isto vindo de clientes habituais! Mas pensei que só trabalhavas de manhã (quando até já me viram lá de tarde outras vezes). Não é porque o cliente só vai lá de manhã que o estabelecimento fecha automaticamente de tarde. Haja paciência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário