sexta-feira, 17 de julho de 2015

Se vocês se identificaram com alguma destas ações, está na altura de as repensarem... e pararem!

Há uma grande diferença entre parecer que se conhece um blogger de há vidas atrás, de tanto que lemos, acompanhamos e nos identificamos (às vezes) e esta mania de que somos todos amigos. 
Comigo não acontece, obviamente, que isto é um blog mixuruca que não interessa a ninguém. Mas faz-me confusão quando vejo disso noutros blogs mais conhecidos desta blogolândia. 
Pessoas, percebam de uma vez por todas: vocês não têm o direito de ir para o blog dos outros falar com o dono do estaminé como se fossem velhos amigos (a não ser que o sejam de facto) ou como fiscais da boa moral e bons costumes.

Se a pessoa se intitula de Xuxuca, vocês não vão lá para o blog chamar-lhe pelo nome próprio, que ela lá no estaminé dela é Xuxuca e não Maria ou Joana ou o raio do nome que os paizinhos lhe deram. 
Se a pessoa por acaso até escreve da vida dela e portanto, como meio povo acha, se pôs a jeito, vocês não vão para o estaminé dela dar ordens, faz isto, faz aquilo. Podem, quanto muito, dar opinião (mesmo que ninguém tenha pedido, mas tudo bem). Não dão ordens. Tens que cortar o cabelo, tens que deixar de usar essa roupa, tens que fazer isto ou aquilo. Parem com essa merda. É assustador que as pessoas achem mesmo que têm o direito de mandar no blog (e na vida) de outras pessoas, que ainda por cima nem conhecem pessoalmente. 
Parem também com essa de acharem que os bloggers vos devem alguma coisa. Cada um escreve o que quer, como e quando quer. Parem com a mania de que podem controlar o conteúdo dos blogs alheios, não vos diz respeito. 
E parem de dar uma de stalker. Porque agora já não publicas fotos com as amigas x, estão chateadas? Agora já não falas do teu carro, tiveste que o vender? Vi ali atrás nas publicações de 1956 que tiraste uma foto com essa blusa e agora estás a usar a mesma, estás pobre? Menos. É assustador que se lembrem de pormenores desse tipo e/ou que se dêem ao trabalho de ir pesquisar arquivos de blogs para poderem criticar ou cobrar coisas. Parem, a sério. 

Gosto especialmente daqueles que tentam pegar por qualquer falha e depois vão lá com acusações do tipo "Com a mania que é tão educada e mimimi e depois faz isto (inserir coisa normalíssima e que toda a gente faz nesta vida)". Como se os bloggers não fossem pessoas. Não vão à casa de banho, não metem o dedo no nariz, não dão puns...São uns seres iluminados e perfeitos que, portanto, não têm direito a fazer as mesmas coisas que os mais comuns mortais.

Eu juro que não sei como é que os bloggers mais conhecidos têm paciência para este tipo de gente. Eu sei que muitos deles vivem disto dos blogs e que faz parte do trabalho, mas é preciso ter uma boa dose de abstração e paciência. E uma autoestima a bater lá no teto, que de comentários maldosos que só os querem arrastar pela lama estão estes blogs cheios. 

4 comentários:

  1. Também já pensei muitas vezes nisto ao ver certos blogs!

    ResponderExcluir
  2. lool é mesmo isso! ;)

    É assustador existir gente desta, que só está bem a dizer mal e que tem tanto tempo para investir nisso...

    ResponderExcluir
  3. ahahah! é tal e qual isso!

    Infelizmente há muita gente que não em vida própria, por isso tenta viver a vida dos outros!

    Beijinho

    ResponderExcluir