terça-feira, 14 de julho de 2015

Não tenho paciência para fretes

Não tenho. Ponto. Comecei gradualmente a aperceber-me de que só me prejudicava com esta mania de ser boazinha e de pensar nas pessoas, de fazer tudo o que os outros querem para não me chatear. Claro que há situações em que não há a volta a dar - temos mesmo que engolir sapos, fazer coisas que não gostamos. Mas com as pessoas, nas minhas relações, deixei de ter paciência para fazer o frete, estar com as pessoas só porque é mais fácil do que justificar o porquê de não querer estar, deixar que as relações se prolonguem sem ter vontade de tal. Cortar o mal pela raiz, deixar de fingir que está tudo bem porque não se quer discutir, foi das melhores coisas que já fiz por mim, pelo meu bem-estar e pela minha saúde mental. Quanto não quero, não vou, não faço, não estou. Falo com quem quero, estou com quem quero, dedico o meu tempo única e exclusivamente a pessoas de quem gosto genuinamente. Deixei-me de dramas e de merdas. Estava farta de gente tóxica na minha vida, gente que só procura quando precisa do favor ou quando lhes dá jeito, gente conflituosa. Não quero isso para mim, quero paz e sossego. E é tão boa esta liberdade! Comecem por fazer essa "limpeza" com algo tão simples como pelas amizades do facebook e vão ver como o que eu digo é verdade.

2 comentários:

  1. Acredito! Eu acho que estou no meio termo.. Mas de vez em quando vou apagando pessoas do facebook. Tenho quase 1000 amigos, e a culpa é em parte da faculdade. Há pessoas que penso "não é por seres do meu curso que te vou aceitar", mas depois por causa de núcleos de estudantes e de coisas do género, acabo por ter de o fazer :p

    ResponderExcluir
  2. Dizem que um dos primeiros passos para a felicidade é livrar-nos de gente tóxica. Parece que estás no bom caminho! Eu não ando a "livrar-me" porque no meu caso as pessoas tóxicas (mesmo sem o quererem) são pessoas muito próximas, mas ando a tentar construir a minha auto-confiança e ficar menos vulnerável quando me magoam ou criticam. Beijinho

    ResponderExcluir