terça-feira, 10 de março de 2015

Toda a verdade sobre cabelos compridos

Ter cabelos compridos pode ser o sonho de muita gente, mas às vezes torna-se um pesadelo. Ainda agora ia beber o meu chá, pego na caneca e lá está um cabelo semi-mergulhado. Nos dias ventosos e um verdadeiro desafio usar o cabelo solto e é certo que se vai levar com ele nos olhos a qualquer altura, é uma questão de tempo. Prendê-lo é outro desafio porque o vento faz com que os cabelinhos mais pequenos se soltem e fico tudo despenteado. 
Ter cabelo comprido é também sinónimo de encontrar cabelos perdidos em todo o lado. Repito - em todo o lado! No chão, no chuveiro, na cama, na roupa, na comida, no meio do decote, até no rabo já apanhei alguns depois do banho. Vestir casacos ou colocar cachecóis é um desatino, tem que se tirar primeiro o cabelo do meio das costas sob pena de andar meia hora a tentar pô-lo novamente para fora. Fica preso nas malas que colocamos ao ombro (é o meu maior problema e o que com mais frequência me faz pensar em rapar o cabelo). À noite, a não ser que faça uma trança ou um apanhado qualquer, virar de um lado para o outro enquanto durmo é sinónimo de ter que tirar o cabelo de cima da cara a cada volta (que nervos!). O cabelo fica preso mais vezes do que gostaria em situações do quotidiano: ao deitar na cama (com alguém ou sozinha), ao encostar numa cadeira, a abraçar alguém, de baixo dos meus próprios braços (dependendo da posição)... Dá uma trabalheira inimaginável para pessoas como eu, preguiçosas, que detestam perder tempo depois do banho. Lá fico eu a pentear, pôr mil merdinhas para cheirar bem e desembaraçar e não queimar com o calor, para depois secar (como eu odeio secar o cabelo, senhores). Apesar de tudo (e principalmente apesar dos meus momentos VOU RAPAR O CABELO AGORA!! ESTOU FARTA DISTO!!!) cabelos compridos são mais fofinhos e dão para fazer imensos penteados diferentes e eu adoro! 


5 comentários:

  1. Estou desejosa que o meu cabelo volte a ficar comprido. Durmo sempre de trança!

    ResponderExcluir
  2. Revi-me neste post! Mas comprido e encaracolado ainda é outro nível...

    ResponderExcluir
  3. Realmente cabelos compridos e bem tratados são bonitos, mas também dão cá uma trabalheira... E por falar nisso estou a precisar de cortar as pontas ao meu... só me falta é o tempo!

    ResponderExcluir
  4. Tenho o cabelo gigante e penso muitas vezes no mesmo. O que mais me chateia é também as malas nos ombros... Mas mesmo assim não consigo cortar.

    ResponderExcluir