sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

a triste realidade de se ser adulto responsável


Durante muito tempo recusei convites para saídas/jantares/programas de amigos porque não tinha dinheiro e nem sequer queria incomodar os meus pais com esses pedidos. Agora que tenho dinheiro recuso convites para saídas/jantares/programas de amigos porque tenho que trabalhar...precisamente para ter dinheiro....que não posso gastar com estas coisas porque o tempo em que estou no trabalho não mo permite.  Estão a perceber a ironia da situação? 

Ter este emprego permitiu-me muita coisa que agora não conseguiria abdicar, mas deixa-me sem tempo para usufruir dos frutos do meu trabalho. Basicamente eu trabalho para pagar contas, como qualquer adulto que se preze. E é mesmo triste viver assim, sem podermos usufruir do dinheiro que nos sai do corpo, do nosso esforço. Pelo menos não usufruir dele de maneira divertida e naquilo que nos dá maior gozo, uma vez que as outras despesas são na mesma coisas para mim ou relacionadas com a minha vida. Mas não se tem o mesmo gosto a gastar dinheiro num jantar que se tem a pagar os passes dos transportes, por exemplo. Ser adulto sucks, não sei porque passamos parte da nossa vida a desejar crescer.

6 comentários:

  1. Uma vez uma professor minha disse 'Vocês agora têm tempo mas não têm dinheiro. Quando começaram a trabalhar, já começam a ter dinheiro mas depois não têm tempo para o gastar.' ahah

    ResponderExcluir
  2. É realmente triste.. mas vá, fazendo um esforço ali e acolá de vez em quando conseguimos perder a cabeça :) Há que ter cuidado e força de vontade!

    ResponderExcluir
  3. M., ser adulto às vezes sucks, mas também nos traz coisas muito boas. Como em tudo, há os dois lados da moeda. A estudar e a trabalhar, de facto, o tempo que sobra não é muito (been there, done thar) mas tens de saber arranjar uns bocadinhos para ti e para manteres a tua sanidade mental, se não lá vêm episódios como aquele de há dias... Por isso, se depois de pagares as tuas pequenas despesas ainda te sobrar dinheiro para um jantar ou para o cinema vai. Nem que seja a meio da semana, troca umas horinhas de sono pela diversão que alguém de 22 (?) anos tem, efetivamente, que ter :) beijocas

    ResponderExcluir
  4. Palavras que podiam ser minhas neste momento da minha vida!

    ResponderExcluir