segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Sou estudante de mestrado integrado a tempo inteiro e trabalho 24h num só fim de semana. Quando fui contratada para este trabalho, uma das minhas tias veio com aquela conversa de que quando queremos uma coisa temos que trabalhar para a conseguir, que tenho que ajudar os meus pais (esta mata-me sempre, a sério), que há muitas pessoas a estudar e trabalhar e nunca ninguém morreu por isso. O que é, de facto, verdade. Não morri até agora por causa disso, mas custa. Ter aulas todos os dias e depois só ter 6h livres no fim de semana para descansar, ou estar no estágio e fazer a tese e ainda trabalhar, não é fácil e exige muito de mim. Alterou-me completamente os ritmos de sono e posso garantir que não durmo uma noite inteira sem sobressaltos praticamente desde que entrei na faculdade, tendo tudo piorado no ano passado. Por isso eu sei perfeitamente que custa, mas que tem que ser. E que tudo se consegue, com esforço e muito sacrifício. Ainda assim tive notas muito boas no ano letivo passado, continuo a ter amigos com quem sair, uma família e um namorado a quem dar atenção... Por isso acho super engraçado que depois essa mesma tia diga, a respeito da filha ir trabalhar, que é muito complicado. Filha essa que passa o dia todo sem nada para fazer e cuja única ocupação é fazer 2 disciplinas do 12º ano duas noites por semana. É muito complicado a filha arranjar um emprego de dia porque tem que ir duas noites por semana fazer uma coisa que já devia ter acabado há 2 anos. Ocorre-me um vasto número de ditados populares para descrever esta situação, mas o que me apraz dizer é que realmente quando é connosco os casos mudam de figura. Falar não custa, então se for para opinar sobre a vida dos outros somos todos peritos; mas quando nos calha a nós...

5 comentários:

  1. Que grande lata. Quando toca aos outros é sempre fácil opinar.

    ResponderExcluir
  2. Acho que a tua última frase diz tudo... Não há mais nada a acrescentar! ;)

    ResponderExcluir
  3. Ai há pessoas que enfim... deviam era estar caladinhas que faziam melhor figura !

    ResponderExcluir
  4. Se há coisa que me irrita são as pessoas que mudam de perspectiva conforme a situação seja pessoal ou não. Se for com elas é muito difícil, se for com os outros só não conseguem se quiserem. Gentinha pá! Enfim.. Mantém-te firme, a única pessoa a que tens de provar alguma coisa és tu! :)

    ResponderExcluir
  5. Ain, essas coisas dão-me volta ao estômago... Ainda para mais quando é na família!

    ResponderExcluir