sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Agora só escrevo a estas horas...

Ando cansada, mas feliz. Custa ter que levantar todos os dias cedinho, chego a casa morta de cansaço e sono. Mas ao menos tenho feito aquilo a que me propus, tenho-me divertido e rido que nem louca, tenho sido feliz com o reviver de algo que já lá foi. E pronto, basta saber que vou ver as minhas pessoas para nem custar tanto acordar. Entre viagens de autocarro e de metro, dias completos passados na faculdade e finais de tarde preguiçosos lá chegou ao fim a minha última semana como desocupada, segunda já há reunião no local de estágio e depois dá-se o início de uma nova etapa.  O que importa é que no final do dia, apesar do cansaço, o balanço seja sempre positivo e isso tem sido sempre, bem feitas as contas.


2 comentários: